- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Ásia Há mais suicídios no Japão do que mortes por Covid-19

Há mais suicídios no Japão do que mortes por Covid-19

O número de suicídios no Japão, em Outubro, foi superior ao número de mortes por Covid-19 desde o início da pandemia.

Segundo os dados oficiais do Governo, foram registados 2.153 suicídios no mês passado, sendo que o número de mortes por causa do novo coronavírus chegou aos 2.087 na última sexta-feira.

A quantidade de suicídios em Outubro foi o número mensal mais elevado em mais de cinco anos, sendo que o maior aumento está a ser registado entre as mulheres.

Em Outubro de 2019 houve 466 casos de suicídio entre as mulheres e no mesmo mês deste ano foram 851. Um aumento de quase 83 por cento, face ao aumento de 22 por cento registado entre os homens (de 1.073 para 1.302).

As mulheres terão sido particularmente atingidas pela perda de rendimentos por causa da pandemia – as indústrias mais atingidas foram as do turismo e da restauração, que tipicamente empregam mais mulheres – e, além disso, houve a pressão de ficar com os filhos em casa, depois do fecho das escolas.

Dados preliminares indicam que o maior aumento é entre jovens com menos de 29 anos – o suicídio é a principal causa de morte no Japão para as pessoas com idades entre os 15 e os 34 anos.

O Japão é um dos poucos países que publica mensalmente os dados sobre suicídio, sendo que estes podem ajudar outros países a perceber o impacto que as medidas de resposta à pandemia da Covid-19 podem ter a nível da saúde mental.

“Nós nem tivemos um lockdown e o impacto da Covid-19 é muito pequeno comparado com outros países… Mas ainda vemos este grande aumento no número de suicídios”, disse à CNN Michiko Ueda, professora da Universidade de Waseda, em Tóquio, e especialista no tema.

“Isso sugere que outros países podem ver um aumento semelhante ou até maior no futuro”, alertou.

Outro país que também divulga números é a Coreia do Sul – país que tem uma taxa de suicídio ainda superior à do Japão. “Enquanto os números totais mostram uma diminuição dos suicídios este ano, houve um aumento de 43 por cento nos suicídios de mulheres na casa dos 20 anos na primeira metade de 2020, comparado com o mesmo período no ano passado”, segundo o The Washington Post.

Na capital da Coreia do Sul, Seul, os suicídios aumentaram 4,8 por cento nos primeiros seis meses do ano, impulsionado pelos casos entre as mulheres mais jovens.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.