- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Covid-19: África do Sul atinge maior número de casos

Covid-19: África do Sul atinge maior número de casos

A África do Sul atingiu 3.370 novos casos de Covid-19,desde o último balanço de sexta-feira, sendo este o mais alto índice registado nos últimos meses.

De acordo com o ministro da Saúde, Zweli Mkhize, o país totalizou assim 781. 941 casos positivos. O ministro acrescentou que 89 pessoas morreram no mesmo período, das quais 55 na província do Cabo Oriental, 19 em Free State, sete no Cabo Ocidental, cinco no Kwazulu-Natale três em Gauteng.

Estas ocorrências elevaram o total de óbitos a 21.378.

Após dois dias sem fornecer detalhes a respeito das recuperações na província de Gauteng(sede do Executivo sul-
africano), Zweli Mkhize informou que os números apontam para 228. 365 pessoas recuperadas, dando um total geral de 722. 876 pessoas no país do novo coronavírus.

A testagem abrange 5.383. 78 exames, realizados desde o início da pandemia, em Março de 2020.

NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Continente africano regista 252 óbitos e 13.899 infecções

A África registou 252 mortes devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, contabilizando 51.481 óbitos causados pelo novo coronavírus, que já infectou 2.150.439 pessoas, mais 13.899 novos casos, segundo dados oficiais.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (ÁfricaCDC), o número de recuperados no mesmo período foi de 8.958, para um total de 1.815.839, nos 55 membros da organização.

O maior número de casos de infecção e de mortos regista-se na África Austral, com 882.040 casos e 23.076 vítimas mortais. Nesta região, a África do Sul, o país mais afectado do continente, contabiliza 785.139 casos de infecção e 21.439 mortes.

Com 730.824 pessoas infectadas e 19.215 vítimas mortais, o Norte de África é a segunda zona mais afectada pela pandemia.

A África Oriental contabiliza 267.717 casos e 5.147 mortos, na África Ocidental, o número de infecções é de 204.773, com 2.855 mortos, enquanto a África Central regista 65.085 casos e 1.188 óbitos.

O Egipto, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 6.621 mortos e 115.183 infectados, seguindo-se Marrocos, que contabiliza 5.739 vítimas mortais e 349.668 casos de infecção.

Entre os seis países mais afectados estão também a Tunísia, que regista 94.980 infectados e 3.153 mortos, a Argélia, com 81.212 infecções e 2.375 mortos, a Etiópia, com 108.930 casos de infecção e 1.695 vítimas mortais, e a Nigéria, com 67.330 infectados e 1.171 óbitos. Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista129 mortos e 15.586 casos, Cabo Verde (105 mortos e 10.700 casos), Guiné Equatorial (85 mortos e 5.146 casos), Guiné-Bissau (43 mortos e 2.422 casos) e São Tomé e Príncipe (17 mortos e 985 casos).

O primeiro caso de Covid-19 em África surgiu no Egipto, a 14 de Fevereiro, e a Nigéria foi o primeiro país da África subsariana a registar casos de infecção, a 28 de Fevereiro.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

A pandemia Covid-19 provocou pelo menos 1.444.426 mortos resultantes de mais de 61,5 milhões de casos de infecção em todo o mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.