- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia AGT propõe redução da taxa aduaneira nos bens de uso pessoal para...

AGT propõe redução da taxa aduaneira nos bens de uso pessoal para 2021

A Administração Geral Tributária (AGT) propôs incluir na Lei do OGE de 2021, a dispensa do procedimento de despacho e do pagamento dos direitos aduaneiros para as mercadorias expedidas pelos correios por intermédio de operadores de correio ou carga expresso, e até contidas na bagagem pessoal dos viajantes, desde que comprovadamente de uso pessoal e não excedam o limite por viajante ou remessa, de 880 mil Kz, ao contrário dos 232 mil Kz, que vigora actualmente.

De acordo com informação enviada à imprensa pela AGT, a medida “visa simplificar o regime de importação de bens considerados de uso pessoal”, nos termos previstos na pauta aduaneira aprovada pelo Decreto Legislativo Presidencial n.º 10/19 de 29 de Novembro.

Quanto às mercadorias não consideradas bens de uso pessoal, ou cujo valor seja entre 880.001,00 Kz e 1.320.000,00 Kz ficam sujeitas ao procedimento simplificado de despacho.

No caso de importação, fica sujeita “à aplicação de uma taxa forfetária equivalente a 16% do valor da mercadoria”, taxa que era até aqui de 25%. Sempre que se tratar de despacho de exportação, são aplicadas as taxas previstas no regime de exportação de mercadorias.

A AGT refere no comunicado que as mercadorias “cujo valor exceda a 1.320.001,00 Kz serão desalfandegadas no procedimento geral de despacho”.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.