- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Moçambique Cabo Delgado: Mais de 500 detidos na Tanzânia serão extraditados

Cabo Delgado: Mais de 500 detidos na Tanzânia serão extraditados

Centenas de detidos na Tanzânia por alegado envolvimento nos ataques em Cabo Delgado devem ser extraditados para Moçambique. Além de moçambicanos, o grupo tem cidadãos de Tanzânia, Somália, RDC, Ruanda Uganda e Burundi.

Um total de 516 detidos na Tanzânia por alegado envolvimento nos ataques armados em Cabo Delgado, norte de Moçambique, vão ser extraditados para o país lusófono, de acordo com um memorando de entendimento assinado entre as polícias dos dois países.

A colaboração da Tanzânia “tem contribuído bastante para travar a situação”, referiu Bernardino Rafael, comandante da Polícia da República de Moçambique (PRM), citado hoje pelo jornal Notícias.

O objetivo da extradição é julgar os suspeitos e descobrir mais informação sobre os ataques, acrescentou. Entre os detidos há moçambicanos, tanzanianos, somalis, congoleses, ruandeses, ugandenses e burundeses.

As polícias da Tanzânia e Moçambique anunciaram na sexta-feira que vão lançar operações conjuntas contra os rebeldes que atacam Cabo Delgado e que têm atravessado a fronteira para território tanzaniano.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.