- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques Trump dá aval para órgão iniciar transição de governo para Biden

Trump dá aval para órgão iniciar transição de governo para Biden

Presidente afirmou que ‘pelo melhor do país’, protocolos da transição devem ser iniciados após apuração apontar vitória de Joe Biden nas eleições.

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump disse nesta segunda-feira (23) que recomenda à Administração de Serviços Gerais (GSA) que inicie os protocolos de transição de governo após a apuração das eleições norte-americanas apontarem a vitória do democrata Joe Biden. Trump disse que recomenda à chefe da GSA, Emily Murphy, que “faça o que for necessário em relação aos protocolos iniciais” de transição “no melhor interesse do nosso país”.

“Quero agradecer a Emily Murphy da GSA por sua constante dedicação e lealdade ao nosso país. Ela foi assediada, ameaçada e abusada – e não quero que isso aconteça com ela, sua família ou funcionários do GSA. Nosso caso continua fortemente, vamos manter o bom combate, e acredito que vamos vencer! No entanto, no melhor interesse do nosso país, estou recomendando que Emily e sua equipe façam o que for necessário em relação aos protocolos iniciais, e disse à minha equipe para fazer o mesmo”, escreveu Trump em sua conta no Twitter.

Com isso, Joe Biden vai poder ter acesso a todos os documentos oficiais do governo para fazer a transição. A Administração de Serviços Gerais dos Estados Unidos, uma agência independente, informou Biden que a transição – que o levará à tomar posse em 20 de Janeiro de 2021 – vai começar oficialmente.

O comité eleitoral do Estado de Michigan aprovou nesta segunda-feira a certificação dos resultados estaduais da eleição presidencial de 3 de Novembro, com vitória do democrata Joe Biden.

O conselho aprovou a moção numa reunião que foi realizada virtualmente.

Com a certificação, o esforço do presidente Donald Trump, que tentou a reeleição, para negar a vitória de Biden alegando irregularidades eleitorais e fraudes em muitos Estados ficou ainda mais improvável de ser bem-sucedido.

O oficial de transição de Joe Biden, Yohannes Abraham, também reagiu à notícia, chamando a decisão de “um passo necessário para começar a enfrentar os desafios que a nossa nação enfrenta, incluindo manter a pandemia sob controlo e nossa economia de volta aos trilhos”.

- Publicidade -
FonteR7
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.