- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade Covid-19: Consumo de famílias angolanas pode crescer em 2021

Covid-19: Consumo de famílias angolanas pode crescer em 2021

Consultora prevê que, no próximo ano, a despesa das famílias angolanas vai se recuperar da queda decorrente dos efeitos da pandemia de Covid-19, e pode voltar a crescer. Pandemia levou a uma contração nos gastos.

A previsão da Consultora Fitch Solutions é a de que, em 2021, a despesa das famílias em Angola se recupere da queda de 3,6% deste ano, originada pela pandemia de Covid-19, e cresça 1,7%.

“Prevemos que a despesa das famílias em Angola comece a recuperar em 2021, depois da pandemia de covid-19 ter levado a uma contração nos gastos dos agregados familiares este ano”, lê-se numa análise aos gastos da famílias.

Num relatório, analistas escrevem que “a melhoria do crescimento económico no país em 2021 vai sustentar melhores números do emprego, aumentar o rendimento disponível das famílias, a que se juntam as medidas deestímulo económico do Governo e o programa de apoio do Fundo Monetário Internacional (FMI)”.

A estimativa da Fitch Solutions revê em alta a previsão anterior, que apontava para um crescimento de 0,8% na despesa das famílias em 2021, depois do impacto da pandemia “em todos os segmentos do consumo, que foram fortemente afetados pela elevada inflação, que deverá ficar nos 21,9% este ano”.

Para 2021, a Fitch Solutions antevê que os preços aumentem 18% e aponta que a estimativa de crescimento de 1,7% está em linha com a previsão de crescimento económico para o país, que depois da contração de 4%, este ano, deverá registar uma expansão do Produto Interno Bruto (PIB) na ordem dos 1,7%.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.