- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Guiné-Bissau Guiné-Bissau: Simões Pereira resiste a “Impeachment” no PAIGC; Coligação de Governo instável

Guiné-Bissau: Simões Pereira resiste a “Impeachment” no PAIGC; Coligação de Governo instável

DOMINGOS SIMÕES PEREIRA (DSP) aparenta estar determinado a fazer frente ao movimento interno aberto no PAIGC (AM 1261) que procura o seu afastamento da liderança do partido. É o que ressalta da iniciativa de criar uma “task force” com o fito de preparar a sua reeleição (para a qual, inclusive, pediu apoio ao MPLA, numa recente viagem a Luanda).

O movimento interno visando afastamento de DSP adquiriu nos últimos dias maior visibilidade/ protagonismo com o lançamento de um processo aberto de recolha de assinaturas tendo em vista a convocação de uma reunião extraordinária dos principais órgãos de direcção do partido, Comité Central (CC) e Bureau Político (BP).

A eficácia de um pedido de convocação dos órgãos obriga à sua subscrição por 1/3 dos seus membros.
Entre os argumentos invocados pelos contestatários de DSP para reclamar o seu “impechment”, conforme expressão utilizada, contam-se, entre outros, o facto de estar ausente do país desde há 10 meses (em Portugal), contribuindo para que o partido esteja paralisado.

A ideia de que no actual quadro político DSP se converteu num embaraço para o PAIGC está também referenciada como factor da contestação interna de que é alvo. Os conflitos que abriu e manteve com as novas autoridades converteram-no em “persona non grata”. É atribuída ao actual PR, UMARU SISSOCO EMBALÓ (USE), a intenção de alargar ao PAIGC a actual coligação de governo.

No esteio do aumento da sua representação no Governo, USE negociou com o PM NUNO NABIAN (NN) a nomeação de SOARES SAMBU (SS), que exercia funções de conselheiro de Estado, para o cargo de vice-PM responsável pela Coordenação da Área Económica. SS é identificado em meios afectos à coligação de Governo como um dos indivíduos de maior confiança de USE.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.