Radio Calema
InícioAngolaRegiõesAdministração do Rivungo desmente morte de criança por fome

Administração do Rivungo desmente morte de criança por fome

A Administração Municipal do Rivungo, na Província do Cuando Cubango, desmentiu informações postas a circular, nas redes sociais, segundo as quais uma criança naquele município faleceu por causa de fome.

De acordo com uma nota de imprensa enviada ao Portal de Angola, a administração faz saber que está a seguir com preocupação e repulsa as imagens postas a circular, nas redes sociais, sobre a morte de um menino, supostamente, por fome.

“As publicações das referidas imagens visam passar de forma perversa e propositada a noção de que no Município do Rivungo se está a morrer de fome e que as autoridades nada têm feito para acudir a situação, o que não corresponde a verdade”, explica o documento.

A administração municipal faz saber que são conhecidos os autores desta exposição grátis, o que considera serem inimigos do bem e da verdade, que um pouco por todo o país, perdidos em suas políticas, tentam iludir os mais distraídos, e para este caso particular, sem consultar os familiares, nem os serviços médicos locais sobre as reais causas da morte.

Segundo o documento, o menino que em vida chamou-se Albino Tchimuku, de 5 anos de idade, filho de Maurício Numbi e de Namukulu Muvu, faleceu de choque anafilático, no dia 14 de Novembro de 2020, às 17 horas, no posto de saúde local, 7 horas depois de na companhia de seu irmão mais velho, Munvu Lioka, de 7 anos de idade, terem consumido “manjongolo”, uma fruta local, degustada por todos na região.

A situação socioeconómica do Rivungo melhorou bastante, em relação ao período homólogo do ano anterior, pois o Município teve o privilégio de ocupar o segundo lugar na escala de produção de cereais, na província, resultado da implementação rigorosa do Programa de Desenvolvimento Local e Combate a pobreza, com destaque para a dinamização da agricultura familiar, da pecuária, do empreendedorismo rural e da entrega de produtos da cesta básica às comunidades vulneráveis.

Logo, a Administração Municipal do Rivungo condena, energicamente, esta ignóbil atitude e apela aos autores da divulgação de informações que visam deturpar a realidade social do Município no sentido de renunciarem de tais práticas e juntarem-se aos esforços das autoridades administrativas para a promoção do desenvolvimento e do bem-estar das comunidades locais.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.