- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Administração do Rivungo desmente morte de criança por fome

Administração do Rivungo desmente morte de criança por fome

A Administração Municipal do Rivungo, na Província do Cuando Cubango, desmentiu informações postas a circular, nas redes sociais, segundo as quais uma criança naquele município faleceu por causa de fome.

De acordo com uma nota de imprensa enviada ao Portal de Angola, a administração faz saber que está a seguir com preocupação e repulsa as imagens postas a circular, nas redes sociais, sobre a morte de um menino, supostamente, por fome.

“As publicações das referidas imagens visam passar de forma perversa e propositada a noção de que no Município do Rivungo se está a morrer de fome e que as autoridades nada têm feito para acudir a situação, o que não corresponde a verdade”, explica o documento.

A administração municipal faz saber que são conhecidos os autores desta exposição grátis, o que considera serem inimigos do bem e da verdade, que um pouco por todo o país, perdidos em suas políticas, tentam iludir os mais distraídos, e para este caso particular, sem consultar os familiares, nem os serviços médicos locais sobre as reais causas da morte.

Segundo o documento, o menino que em vida chamou-se Albino Tchimuku, de 5 anos de idade, filho de Maurício Numbi e de Namukulu Muvu, faleceu de choque anafilático, no dia 14 de Novembro de 2020, às 17 horas, no posto de saúde local, 7 horas depois de na companhia de seu irmão mais velho, Munvu Lioka, de 7 anos de idade, terem consumido “manjongolo”, uma fruta local, degustada por todos na região.

A situação socioeconómica do Rivungo melhorou bastante, em relação ao período homólogo do ano anterior, pois o Município teve o privilégio de ocupar o segundo lugar na escala de produção de cereais, na província, resultado da implementação rigorosa do Programa de Desenvolvimento Local e Combate a pobreza, com destaque para a dinamização da agricultura familiar, da pecuária, do empreendedorismo rural e da entrega de produtos da cesta básica às comunidades vulneráveis.

Logo, a Administração Municipal do Rivungo condena, energicamente, esta ignóbil atitude e apela aos autores da divulgação de informações que visam deturpar a realidade social do Município no sentido de renunciarem de tais práticas e juntarem-se aos esforços das autoridades administrativas para a promoção do desenvolvimento e do bem-estar das comunidades locais.

- Publicidade -
- Publicidade -

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...
- Publicidade -

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Notícias relacionadas

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Sonangol e Endiama serão parcialmente privatizadas até 2022

O Governo vai dispersar em bolsa uma parte das empresas petrolífera e diamantífera Sonangol e Endiama em 2021 ou no início de 2022, disse...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.