- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade UNICEF defende envolvimento da sociedade na redução da violência

UNICEF defende envolvimento da sociedade na redução da violência

O representante do Unicef em Angola, Iván Yerovi, defendeu esta sexta-feira, em Luanda, maior envolvimento da sociedade no combate à violência contra a criança e fuga a paternidade, de forma ajudar as acções do Executivo.

Em declarações à imprensa no final de um encontro com a ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves, o diplomata mostrou-se preocupado com assuntos ligados a abuso sexual às crianças, violência a nível das famílias, entre outras inquietações.

Na sua óptica, urge a necessidade de todos participarem desta luta, de âmbito nacional, desde o governo, sociedade civil a classe jornalística.

Representante do Unicef em Angola, Iván Yerovi (esqu.) e o Ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António.
(DR)

O diplomata propôs ao Masfamu a realização de reuniões periódicas tendentes a avaliar as acções de todos os organismos que “concorrem” para os direitos e bem-estar da criança no país.

Garantiu que o Unicef continuará o ciclo de programas alinhados com as prioridades do Executivo angolano definidos no Plano de Desenvolvimento Nacional, previstos até 2022.

Questões relacionadas ao registo de crianças ao nascimento, acesso à escola e combate à má nutrição aguda das mesmas foram referenciadas por Iván Yerovi como prioridades do seu mandato.

Por sua vez, a ministra Faustina Alves reconheceu Unicef como sendo um parceiro importante no apoio aos programas gizados pelo governo em prol dos menores.

Realçou a experiência adquirida por Ivan Yerovi noutros países, augurando que contribua para o fortalecimento da parceria entre Angola e esta instituição vocacionada para o bem da criança a nível do mundo.

O grau dos projectos de protecção e promoção dos direitos e bem-estar da criança esteve no centro da conversa entre a governante e o representante do Organismo das Nações Unidas para Infância (Unicef).

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.