- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Política Empresários convidados a investir no Burkina Faso

Empresários convidados a investir no Burkina Faso

O Presidente do Burkina Faso, Roch Marc Kaboré, convidou os empresários angolanos a investirem naquele país da África Ocidental.

O convite de Roch Marc Kaboré consta numa mensagem entregue, ontem, em Luanda, ao homólogo angolano, João Lourenço, pelo seu conselheiro especial, Mamadou Ndoye. O Chefe de Estado burkinabe adiantou que há, no seu país, oportunidades que podem interessar à classe empresarial angolana.

O enviado de Kaboré reforçou que, além do algodão, o Burkina Faso tem, por exemplo, muitos minerais, com destaque para o ouro, que podem beneficiar o empresariado angolano. Mamadou Ndoye explicou que a ideia é dinamizar a cooperação bilateral ou mesmo melhorar os níveis já alcançados neste domínio. “Os empreendedores angolanos podem explorar muitos sectores no nosso país”, garantiu.

Ndoye disse que a presença de investidores angolanos no Burkina Faso vai ajudar a dinamizar a actividade económica entre os dois países, devido à experiencia que ambos têm. Informou que há, no seu país, um programa nacional de desenvolvimento, promovido pelo Presidente Kaboré, que dá espaço a vários investidores para explorarem várias áreas, como a agricultura.

Mamadou Ndoye insistiu que é desejo do Chefe de Estado burkinabe que empresários angolanos invistam naquele país. “Por isso, vim transmitir, a pedido do Presidente Kaboré, essa informação ao Presidente João Lourenço”, frisou.

O encontro, que durou cerca de meia hora, serviu, igualmente, para passar o Presidente angolano e o enviado do homólogo passarem em revista o estado de cooperação entre os dois países.

Em declarações à imprensa, à saída do encontro, Mamdou Ndoye disse ser, igualmente, pretensão de Kaboré que as relações entre os dois Estados atinjam níveis melhores do que os conseguidos até ao momento.

Convite a João Lourenço
O Presidente do Burkina Faso manifestou o desejo de ter o homólogo angolano, João Lourenço, como convidado na cerimónia de investidura, caso seja reeleito nas eleições presidenciais que se realizam este mês.

O desejo do Chefe de Estado burkinabe consta, igualmente, da mensagem entregue, ontem, ao Presidente João Lourenço, pelo enviado de Kaboré, Mamadou Ndoye.

O Burkina Faso vive os últimos dias de campanha eleitoral para a primeira volta das presidenciais, do dia 22.

Roch Marc Christian Kaboré, de 63 anos, eleito Presidente em Dezembro de 2015, tenta a reeleição.

Foi primeiro-ministro, entre 1994 e 1996, além de presidente da Assembleia Nacional (2002- 2012).

Além de Kaboré, 12 candidatos concorrem às eleições, que se realizam depois de o país ter registado um aumento da violência jihadista que, ao longo dos últimos cinco anos, provocou mais de 1.200 mortos e um milhão de deslocados.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.