- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Guterres critica violência após Presidenciais na Guiné-Conakri

Guterres critica violência após Presidenciais na Guiné-Conakri

O Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres condenou hoje a violência, após as eleições de domingo na Guiné-Conakri e encorajou os intervenientes a aguardarem o anúncio dos resultados oficiais.

Numa declaração divulgada pelo porta-voz, António Guterres lamentou o desfecho das eleições neste país que no domingo foi às urnas para escolher um Presidente.

Nos confrontos que se seguiram às eleições, entre apoiantes da oposição e as forças de segurança, pelo menos três pessoas morreram.

O secretário-geral das Nações Unidas apelou a todas as partes para que tomem imediatamente medidas para pôr termo à violência e manifestou-se triste “com a perda de vidas e a destruição de bens”.

Na declaração divulgada pelo porta-voz, António Guterres instou “as forças de segurança a exercerem a máxima contenção neste momento sensível” e encorajou “todos os intervenientes a aguardarem o anúncio dos resultados oficiais pela Comissão Nacional Eleitoral Independente e a resolverem quaisquer potenciais disputas através de mecanismos legais estabelecidos”.

Na noite de terça-feira, a Comissão Eleitoral Nacional Independente (Ceni), responsável pela organização das eleições na Guiné-Conakry, anunciou os primeiros resultados do escrutínio de domingo em quatro dos 38 círculos eleitorais.

Dos resultados anunciados, Condé venceu, com larga margem, Diallo, tendo ultrapassado a maioria absoluta em três destes.

Ainda assim, um funcionário da Ceni alertou que não é seguro “extrapolar” estes resultados para um resultado nacional.

Diallo acusou o chefe de Estado de “fazer todo o possível para alterar os resultados das urnas a seu favor”.

- Publicidade -
FonteANGOP
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.