- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Política Huambo: Manifestações colocam UNITA e Polícia Nacional de costas viradas

Huambo: Manifestações colocam UNITA e Polícia Nacional de costas viradas

De acordo com o maior partido na oposição, a Polícia Nacional, atacou a tiros, na noite desta quarta-feira, 28, a sede da UNITA na província do Huambo, a fim de impedir a realização de uma vigília que deveria ter lugar no Jardim da Cultura, em solidariedade aos 103 cidadãos que foram detidos sábado na capital do país, quando participavam numa manifestação pacífica reprimida pelo governo.

“A Casa Branca da UNITA no Huambo está a ser atacado a tiros pela polícia do Huambo, em consequência da vigília prevista pela JURA, no Jardim da Cultura”, denunciou o Secretario provincial do partido, Jonas dos Santos, descrevendo a cidade como estando sitiada com agentes das forças de segurança.

Vários relatos e imagens de pessoas ensanguentadas foram publicados nas redes sociais. Exemplo, o Secretário Provincial do Partido de Renovação Social naquela província, Solya Selende, disse ao Na Mira do Crime que o responsável da juventude dos renovadores foi brutalmente espancado pelos agentes da ordem.

Polícia Nacional diz que teve que teve que repor a legalidade
No entanto, em comunicado de imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior no Huambo, a que o Na Mira do Crime teve acesso, diz que o órgão tomou conhecimento, quarta-feira, as 21 horas de que, informações postas a circular nas redes sociais, davam conta de um alegado ataque de alguns efectivos da PNA ao comité Provincial do partido UNITA.

Sobre os factos, diz a note, a meio da tarde de ontem, 28 de Outubro de 2020, por via da Polícia Nacional do Município do Huambo, soube-se da intenção manifestada pelo Partido UNITA em realizar uma manifestação junto do Largo adjacente à PGR e Tribunal Provincial do Huambo Sito no Largo do Pica-Pau.

Apreciada ainda assim a comunicação, foram verificadas claras violações ao disposto nos números 3, 4, 5, 6 e 8, da Lei das manifestações, sobre limitação ao exercício do direito, comunicação, interrupção do exercício do direito, prazos de remessa da comunicação e, em contexto de pandemia, o disposto no artigo 29°, n°s 1 e 2, do Decreto n° 276 sobre a situação de Calamidade Pública, que limita ajuntamentos na via pública.

Em seguida, continua, foi contactada a Direcção do partido UNITA para que de forma cordial, fizesse a desmobilização dos seus militantes, face às infracções em que incorreriam em caso de consumarem seus intentos, abordagem que foi acolhida como sendo de razão.

Administração Municipal desaconselhou a manifestação
De acordo com o comunicado, a administração local, desaconselhou, igualmente, a realização da referida manifestação. Porém, explica, pelas 18 horas e 30 minutos, na cidade Alta, Jardim da Cultura, registou-se a presença de um grupo de cidadãos que alegadamente pretendiam realizar uma manifestação a favor dos cidadãos recentemente detidos na capital do país.

Abordados pelas forças em serviço e orientados a retornar a casa em razão da necessidade de evitar-se aglomerados na via pública, que podem colocar em causa as medidas sobre o combate e prevenção da covid -19, eis que rebelaram-se arremessando objectos contudentes (pedras e paus) às forças e aos transeuntes.

Na sequência e, na medida em que eram afastados do perímetro em que se encontravam a manifestar-se, dirigiram-se nas imediações da Sodispal e confinaram-se frontalmente a sede do partido UNITA.

Como procedimento normal em sede de actuação policial, fez-se o isolamento do local com efectivos policiais, acto que durou somente o tempo que, o segundo Comandante Provincial da Polícia Nacional de Angola, levou a procurar demover os responsáveis do partido UNITA a procederem a desmobilização dos seus militantes para o bem da saúde pública e paz social.

Após encontro consensual, convencionou-se que, os cidadãos abandonariam o local, comité da UNITA, retornando à casa, facto que ficou consumado minutos depois. Pelo que, os alegados ataques ao comité do partido são infundados e não têm qualquer razão de ser, até porque os órgãos de Polícia, têm feito o melhor de si para a garantia da segurança e ordem pública, incluindo aos militantes e dirigentes do partido UNITA. Porém da acção, são controlados até o momento dois feridos que recorreram as unidades hospitalares, causados por arremesso de objecto corto contundente, a uma cidadã que foi assistida pelo Banco de Urgência do Hospital Geral do Huambo, encontrando-se em tratamento ambulatório e a um oficial da PNA, com uma contusão na região facial, com baixa numa das unidades hospitalares da Província.

Reposta que foi a ordem pelas principais artérias da cidade Alta, as forças da ordem, exortam a população da Província e os munícipes da sede Provincial a manter-se calma, a adoptarem uma postura conducente a harmonia social e a prevenção da pandemia Covid-19.

- Publicidade -
- Publicidade -

Manuel Rabelais começa a ser julgado no dia 9 deste mês

O antigo director do GRECIMA, Manuel Rabelais, começa a ser julgado pelo Tribunal Supremo (TS) na próxima quarta-feira, dia 09, por crime de peculato,...
- Publicidade -

Lewis Hamilton testa positivo para a Covid-19 e falha GP de Sakhir

O piloto Lewis Hamilton "acordou na segunda-feira de manhã com sintomas ligeiros". O piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) testou positivo à Covid-19 e não vai...

Assalto em Criciúma: Explosivos e “chuva de dinheiro” na rua

Assalto em Criciúma deixou reféns em via pública, quatro bombas desarmadas e dinheiro roubado de agência espalhado pelo chão Explosivos, dinheiro espalhado pelo chão e...

UNITA defende registo eleitoral independente

O maior partido da oposição angolana quer a realização de um novo registo eleitoral antes das eleições autárquicas, adiadas este ano. Analista defende que...

Notícias relacionadas

Manuel Rabelais começa a ser julgado no dia 9 deste mês

O antigo director do GRECIMA, Manuel Rabelais, começa a ser julgado pelo Tribunal Supremo (TS) na próxima quarta-feira, dia 09, por crime de peculato,...

Lewis Hamilton testa positivo para a Covid-19 e falha GP de Sakhir

O piloto Lewis Hamilton "acordou na segunda-feira de manhã com sintomas ligeiros". O piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) testou positivo à Covid-19 e não vai...

Assalto em Criciúma: Explosivos e “chuva de dinheiro” na rua

Assalto em Criciúma deixou reféns em via pública, quatro bombas desarmadas e dinheiro roubado de agência espalhado pelo chão Explosivos, dinheiro espalhado pelo chão e...

UNITA defende registo eleitoral independente

O maior partido da oposição angolana quer a realização de um novo registo eleitoral antes das eleições autárquicas, adiadas este ano. Analista defende que...

“O Banquete”: Irá a TPA abordar acusação de corrupção a Edeltrudes Costa?

A série de reportagens da Televisão Pública de Angola (TPA) sobre a corrupção, "O Banquete", tem dado muito que falar. Deputado da UNITA espera...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.