- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Regiões Hipopótamos atacam populações e destroem plantações no Kwanza Sul

Hipopótamos atacam populações e destroem plantações no Kwanza Sul

Camponeses na localidade de Caxongono estão a ver as suas colheitas a serem destruídas por hipopótamos que atacam as suas lavras e comem o milho.

Algumas famílias estão agora ameaçadas de fome nessa localidade no município da Cela no Waku-Kungo, Kwanza Sul.

As margens do rio Kussoi, afluente do rio Keve, são o local de onde saem os animais que de acordo com o soba-adjunto de Caxongono, Segunda Carlos, já devastaram vários hectares pelo que mais de 500 pessoas podem passar fome.

O camponês Segunda Tomás que pertence à cooperativa Ngola Yetu disse que os hipopótamos atacam com frequência, saindo do Rio Keve para “a área do Kussoi”.

“No mês de Agosto metemos o milho, já está dar a espiga e, é ali onde ele estão aproveitar tirar todas massarocas”, disse.

“Eu vim apresentar queixa aqui na direcção, estou preocupado porque sou pai de 10 filhos. É um trabalho que eu faço e onde confio para o sustento dos meus filhos, de repente entra o animal que está invadir aquilo que devia ser o sustento dos filhos”, acrescentou.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...
- Publicidade -

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Notícias relacionadas

Potencial petrolífero é de 40 mil milhões de dólares

As empresas angolanas do sector petrolífero apenas aproveitam cerca de 10 por cento do potencial estimado em 40 mil milhões de dólares que a...

França quer punir delito de “ecocídio”

Proposta apoiada pelo governo prevê pena de até dez anos de prisão e multa de até 4,5 milhões de euros para quem causar danos...

Burkina Faso: Jihadistas impedem o voto de 300 mil eleitores

As eleições presidenciais e legislativas no Burkina Faso tiveram lugar num contexto de ameaças de grupos radicais islâmicos. Não houve registo de violência na...

Obras do novo Aeroporto Internacional de Luanda retomadas em Janeiro de 2021 e sem financiamento adicional, garante ministro dos Transportes

As obras do novo aeroporto internacional de Luanda vão ser retomadas no princípio de 2021 e serão concluídas no prazo de dois anos, garantiu...

Sonangol e Endiama serão parcialmente privatizadas até 2022

O Governo vai dispersar em bolsa uma parte das empresas petrolífera e diamantífera Sonangol e Endiama em 2021 ou no início de 2022, disse...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.