- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Política Samakuva defende diálogo entre forças políticas

Samakuva defende diálogo entre forças políticas

O ex-líder da UNITA, Isaías Samakuva, defendeu, esta segunda-feira, o diálogo entre o Governo e as formações políticas, para evitar “situações susceptíveis de perturbar a paz e a harmonia necessárias à vida em comunidade”.

Nesse dia, um grupo de indivíduos, incentivados por activistas da sociedade civil e membros do partido UNITA, tentaram protestar contra a não indicação de uma data para as eleições autárquicas e a falta de emprego, assim como por melhores condições sociais.

A tentativa de manifestação, não autorizada, foi frustrada pela Polícia Nacional, numa altura em que o país vê reforçadas as medidas restritivas de prevenção e combate à Covid-19, que proíbe ajuntamentos superiores a cinco pessoas, na via pública.

Samakuva, que na década de 90 chefiou a equipa da UNITA às negociações de paz com o Governo angolano, notou que a acção dos manifestantes traduziu-se em actos de vandalismo, na obstrução de vias e destruição de bens públicos.

“Enquanto angolanos temos de fazer tudo no sentido de evitar situações desagradáveis primando, necessariamente, pelo diálogo”, disse o político, que liderou o maior partido na oposição em Angola durante 16 anos.

Na sequência da tentativa de manifestação, a Polícia Nacional deteve vários cidadãos, entre os quais alguns responsáveis do partido UNITA.

A propósito, o político entende que deve haver um esclarecimento sobre o ocorrido e aconselhou a libertação dos detidos “na base do diálogo e da compreensão”.

Sobre a posição do deputado David Mendes (independente pela UNITA) que considerou um “erro estratégico” a participação da segunda maior força política no país no acto de sábado, Isaías Samakuva disse tratar-se de uma opinião que respeita.

É a primeira vez que Isaías Samakuva é recebido pelo Chefe de Estado angolano, desde que deixou a liderança da UNITA, em Novembro de 2019.

O político, nascido a 08 de Julho de 1946 no Kunje, província do Bié, já havia sido recebido pelo Presidente da República em três outras ocasiões, na sua condição de líder partidário.

Isaías Samakuva foi, entre 1989 e 1993, representante da UNITA no Reino Unido e, mais tarde, delegado na Europa.

Depois do acordo de paz assinado em Lisboa, Portugal (1991) e do Protocolo de Lusaka, Zâmbia (1994), Samakuva regressou a Angola para liderar a delegação da UNITA na Comissão Conjunta constituída para acompanhar a aplicação do Protocolo de Lusaka.

Em 2000 foi indigitado chefe da missão externa da UNITA e, na sequência da morte Jonas Savimbi, em combate, a 22 de Fevereiro de 2002, regressou a Angola para discutir o cessar-fogo no âmbito do Protocolo de Lusaka, Zâmbia.

A UNITA é a segunda maior força com representação parlamentar no país. Possui 51 deputados, atrás do MPLA, partido no poder, que conta com 150.

- Publicidade -
FonteANGOP
- Publicidade -

Unita volta a pedir comissão de inquérito

Deputados da Unita abordam, nesta quarta-feira, 2, em conferência de imprensa, o pedido da criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), remetido à...
- Publicidade -

O que falha em Angola na luta contra a SIDA? Quase tudo, diz a ANASO – “Foram os senhores de gravata que mais contribuíram...

O que falta em vontade política, sobra em fome e miséria. O que falta em prevenção, sobra em novas infecções e mortes. E a...

Directora-geral da Saúde de Portugal infectada com Covid-19

A diretora-geral da Saúde está infetada com covid-19, confirmou Graça Freitas ao jornal "Expresso". Graça Freitas está com sintomas ligeiros. A responsável pela autoridade nacional de...

Manuel Rabelais começa a ser julgado no dia 9 deste mês

O antigo director do GRECIMA, Manuel Rabelais, começa a ser julgado pelo Tribunal Supremo (TS) na próxima quarta-feira, dia 09, por crime de peculato,...

Notícias relacionadas

Unita volta a pedir comissão de inquérito

Deputados da Unita abordam, nesta quarta-feira, 2, em conferência de imprensa, o pedido da criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), remetido à...

O que falha em Angola na luta contra a SIDA? Quase tudo, diz a ANASO – “Foram os senhores de gravata que mais contribuíram...

O que falta em vontade política, sobra em fome e miséria. O que falta em prevenção, sobra em novas infecções e mortes. E a...

Directora-geral da Saúde de Portugal infectada com Covid-19

A diretora-geral da Saúde está infetada com covid-19, confirmou Graça Freitas ao jornal "Expresso". Graça Freitas está com sintomas ligeiros. A responsável pela autoridade nacional de...

Manuel Rabelais começa a ser julgado no dia 9 deste mês

O antigo director do GRECIMA, Manuel Rabelais, começa a ser julgado pelo Tribunal Supremo (TS) na próxima quarta-feira, dia 09, por crime de peculato,...

Lewis Hamilton testa positivo para a Covid-19 e falha GP de Sakhir

O piloto Lewis Hamilton "acordou na segunda-feira de manhã com sintomas ligeiros". O piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) testou positivo à Covid-19 e não vai...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.