InicioAngolaPolíticaUNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo...

UNITA diz que Lei Eleitoral de Angola deve estar alinhada com modelo da SADC

O general na reforma Abílio Kamalata Numa pediu a alteração da Lei Eleitoral de Angola, sugerindo que esteja alinhada com a lei-modelo da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC).

“Angola tem de estar alinhada com a Lei-modelo que visa consolidar a democracia eleitoral na região da SADC através da criação de padrões normativos destinados a regular a realização do processo eleitoral”, disse esta quinta-feira, 22, de Outubro, o também secretário nacional da UNITA para os Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, durante um encontro com a juventude da sua organização política.

Segundo o político, se Angola participou activamente na elaboração desta Lei-modelo, não tem motivos para ignorar na sua implementação.

“A Lei-modelo promove o constitucionalismo e o reforço de instruções de democracia, tais como os partidos políticos, os órgãos de gestão de eleições e comissões estatutárias, fundamentais para a governação eleitoral, designadamente as comissões dos direitos humanos, de género e da luta contra a corrupção”, acrescentou.

Durante o encontro, Abílio Kamalata Numa apelou à juventude que lute contra a cidadania indiferente, a ignorância em relação aos direitos do povo angolano, o medo, defendendo a unidade dos cidadãos.

“Nós precisamos de ter uma agenda nacional que temos de reivindicar. E nós só vamos parar no dia em que essa agenda for satisfeita. Quando começarmos com as manifestações, nós entregamos uma agenda, se essa agenda não for satisfeita nós não vamos parar mais”, sublinhou.

FonteNJ

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.