InicioAngolaSociedadeNo aeroporto 4 de Fevereiro: Detidos traficantes de drogas em Luanda

No aeroporto 4 de Fevereiro: Detidos traficantes de drogas em Luanda

Quatro cidadãos angolanos foram detidos, recentemente, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, por posse ilegal de mais de 8,184 quilogramas de cocaína.

Segundo o Serviço de Investigação Criminal, trata-se de dois passageiros provenientes da cidade de São Paulo, no Brasil, num voo comercial da Transportadora Aérea Angolana, e outros dois receptores.

Os indivíduos acusados de tráfico de droga, todos do sexo masculino, têm idades entre os 32 e 41 anos.

Segundo o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do SIC, superintendente Manuel Halawaia, a detenção resultou de uma operação preparada minuciosamente para impedir a fuga dos implicados.

“Caso fossem bem sucedidos, os dois passageiros teriam como recompensa nove mil dólares, enquanto os receptores receberiam um milhão e 500 mil kwanzas”, sublinhou o oficial do SIC.

De acordo com Manuel Halawaia, na sequência desta operação foi ainda apreendida uma viatura, que seria s utilizada para o transporte da droga. Conforme o oficial, diligências prosseguem para deter outros envolvidos neste caso de tráfico internacional de drogas.

Em Julho, um grupo de sete traficantes de drogas, com ramificações nas províncias da Huíla, Namibe e Cunene, foi detido na cidade do Lubango com pelo menos 130 gramas de cocaína não embalada, 170 porções da mesma droga em embrulhos de plástico e 90 de crack.

As denúncias de circulação das chamadas “drogas pesadas” na província da Huíla, tida já como “placa giratória” desses estupefacientes, são cada vez mais frequentes e agora confirmadas com a detenção desse grupo de homens que actuava no Lubango, com ramificações nas províncias do Namibe e do Cunene.

Apesar da circulação confirmada de drogas, como a cocaína e o crack na província da Huíla, a liamba continua a ser a mais consumida na região, com uma média de 200 detenções só este ano, entre consumidores e produtores, com realce para a zona da “Boca” da Humpata.

Angola é um dos países referenciados como de consumo e trânsito de drogas.

Segundo o Serviço de Investigação Criminal (SIC), o Brasil, a África do Sul, a Namíbia e a República Democrática do Congo (RDC) são os países mais utilizados por traficantes para introduzir a droga em Angola, destacando-se a cocaína. Os traficantes têm estado a usar a rota Brasil-Congo Democrático para introduzir droga no país, através de correios de droga, também conhecidos por “mulas”, que são pagos quando a droga chega sem problemas ao país.

Jovens têm sido aliciados por narcotraficantes com recompensas de dinheiro fácil para o transporte de drogas em malas ou mesmo através da ingestão de cápsulas de cocaína, que colocam em risco a vida de muitas dessas “mulas”.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.