InicioMundoEuropaFrança: Decapitação de Samuel Paty aponta falhas nos serviços de segurança interna

França: Decapitação de Samuel Paty aponta falhas nos serviços de segurança interna

Continuam as investigações sobre a decapitação de Samuel Paty a 16 de Outubro, pelo jovem de 18 anos de origem chechena Abdoullakh Anzorov, residente em França onde obteve o estatuto de refugiado.

Houve falhas, nos sobrecarregados serviços de segurança interna – DGSI – dado que a radicalização islâmica de Anzorov, apesar de sinalizada, foi “minimizada” e não suscitou alertas.

Como refere o jornalista radicado em França Rui Neumann, especialista em direito e segurança e autor do livro “Raptos políticos e tomada de reféns – concensos e contradições de uma ameaça crescente” – 2016.

FonteRFI

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.