- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Destaques 'Dino' e 'Kopelipa': Generais aguardam por medidas de coacção

‘Dino’ e ‘Kopelipa’: Generais aguardam por medidas de coacção

Os generais Leopoldino do Nascimento “Dino” e Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa” aguardam pela notificação das medidas de coacção a serem aplicadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR), depois de terem sido ouvidos, na semana passada, pela Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP).

De acordo com uma fonte próxima ao processo, a Procuradoria-Geral da República ainda não notificou os arguidos sobre as respectivas medidas de coacção a aplicar.

Ambos foram notificados e constituídos arguidos há cerca de três semanas.

O antigo chefe das Comunicações do ex-Presidente José Eduardo dos Santos, Leopoldino do Nascimento “Dino”, e o ex-ministro de Estado e chefe da Casa Militar, Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa”, respondem por haver fortes indícios de terem beneficiado dos negócios que o Estado teve com a empresa China International Fund (CIF), no âmbito do extinto Gabinete de Reconstrução Nacional (GRN).

Como oficiais generais, gozam de imunidades e não podem ser presos preventivamente antes do despacho de pronúncia. “Os oficiais generais das Forças Armadas Angolanas e comissários da Polícia Nacional não podem ser presos sem culpa formada, excepto em flagrante delito, por crime doloso punível com pena de prisão superior a dois anos”, lembrou, recentemente, uma fonte da PGR, a propósito do processo.

Entregam bens
Na quarta-feira passada, Hélder Vieira Dias “Kopelipa” e Leopoldino do Nascimento “Dino” procederam à entrega, à PGR, de bens de empresas constituídas com fundos públicos.

Em nota, distribuída no final da audição aos dois generais, a PGR informou que ambos, como representantes das empresas China International Fund, Lda (CIF) e Cochan SA, entregaram os bens das fábricas de Cimento (CIF Cement), de montagem de veículos automóveis (CIF SGS Automóveis), de cerveja (CIF Lowenda Cervejas) e a CIF Logística, incluindo todos os equipamentos e máquinas.

Hélder Vieira Dias “Kopelipa” e Leopoldino do Nascimento “Dino” entregaram, igualmente, a totalidade das acções que detinham na empresa BIOCOM-Companhia de Bioenergia de Angola, Lda., através da Cochan SA, a rede de supermercados Kero, através da cedência de 90 por cento das participações sociais do grupo Zahara Comércio SA e a empresa Damer Gráficas – Sociedade Industrial de Artes Gráficas SA.

Os representantes da empresa CIF fizeram, também, a transferência da titularidade para a esfera patrimonial do Estado dos bens apreendidos pelo Serviço Nacional de Recuperação de Activos (SNRA) da PGR, nos dias 11 e 17 de Fevereiro, nomeadamente 24 edifícios, três creches, dois clubes náuticos e quatro estaleiros, na Centralidade do Zango Zero, também conhecida por “Vida Pacífica”.

Na Centralidade do Kilamba, KK 5.800, foram apreendidos 271 edifícios e 837 vivendas, em diferentes níveis de construção e, na cidade de Luanda, os edifícios CIF One e CIF Two, incluindo todos os seus equipamentos, bem como imóveis localizados na Avenida 1º Congresso do MPLA, no Distrito Urbano da Ingombota.

A PGR esclareceu que, doravante, todos os bens atrás referidos passam a integrar, de forma definitiva, a esfera patrimonial do Estado, sublinhando que esta transferência não obsta o prosseguimento do processo-crime contra os dois generais.

- Publicidade -
FonteJA
- Publicidade -

Parlamento anula transferência de 476 milhões do Fundo de Resolução para Novo Banco

Proposta do BE foi aprovada com votos a favor do PSD, PCP e PAN. O PS acusou já de madrugada o PSD de “irresponsabilidade...
- Publicidade -

Euclides da Lomba no “Conversas Acústicas”

O músico Euclides da Lomba é o convidado do programa Conversas Acústicas, a decorrer domingo, no Espaço Luanda. O evento consiste em noites multiculturais de...

PF investiga crimes na Petrobras em nova fase de Lava Jato

Autoridades cumprem dois mandados de busca e apreensão em Angra dos Reis e Aruruama, ambas cidades do Rio de Janeiro A PF deflagrou na última...

Livro “Recado aos chefes” já nas bancas

“Recado aos chefes” é o título do livro do jornalista José Ricardo André Francisco “Zé Ricardo”, que já está disponível nas livrarias, depois do...

Notícias relacionadas

Parlamento anula transferência de 476 milhões do Fundo de Resolução para Novo Banco

Proposta do BE foi aprovada com votos a favor do PSD, PCP e PAN. O PS acusou já de madrugada o PSD de “irresponsabilidade...

Euclides da Lomba no “Conversas Acústicas”

O músico Euclides da Lomba é o convidado do programa Conversas Acústicas, a decorrer domingo, no Espaço Luanda. O evento consiste em noites multiculturais de...

PF investiga crimes na Petrobras em nova fase de Lava Jato

Autoridades cumprem dois mandados de busca e apreensão em Angra dos Reis e Aruruama, ambas cidades do Rio de Janeiro A PF deflagrou na última...

Livro “Recado aos chefes” já nas bancas

“Recado aos chefes” é o título do livro do jornalista José Ricardo André Francisco “Zé Ricardo”, que já está disponível nas livrarias, depois do...

Moçambique: Lisboa envia equipa avaliar necessidade de apoio em Cabo Delgado

Na próxima semana chega a Moçambique uma delegação portuguesa que vai reunir com o Governo moçambicano para se especificar o tipo de apoio que...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.