InicioAngolaSociedadeCovid-19: Angola regista 220 casos positivos e 3 óbitos

Covid-19: Angola regista 220 casos positivos e 3 óbitos

Angola registou, nas últimas 24 horas, 220 novos casos da Covid-19, três óbitos e a recuperação de seis pacientes, informou, ontem, em Luanda, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

De acordo com o secretário de Estado, dos casos positivos 156 foram notificados em Luanda, 23 na Huíla, 21 em Cabinda, nove em Benguela, quatro no Cuanza-Norte, igual número em Malanje, dois no Namibe e um na província do Uíge.

No habitual encontro com jornalistas, no Centro de Imprensa Aníbal de Melo (CIAM), sobre a evolução da Covid-19 em Angola, Franco Mufinda disse que os infectados têm entre 5 meses e 85 anos, sendo 143 do sexo masculino e 77 do sexo feminino.

Franco Mufinda referiu, também, que na capital do país as infecções foram registadas nos municípios de Belas, Cacuaco, Cazenga, Talatona, Viana, Kilamba Kiaxi e nos distritos urbanos da Maianga, Ingombota, Rangel e Samba.

Em relação às mortes, o secretário de Estado esclareceu que duas ocorreram na província de Luanda e uma em Benguela. Trata-se de dois cidadãos nacionais do sexo masculino e um do sexo feminino, com 7, 53 e 56 anos.
Relativamente à recuperação de pacientes, Franco Mufinda disse que cinco foram registadas em Luanda e uma na província de Benguela e têm idades entre 1 e 51 anos.

Com estes dados, o país soma 8.049 casos confirmados, dos quais 251 óbitos, 3.037 recuperados e 4.761 activos. Deste número, nove estão em estado crítico a receber tratamento por ventilação mecânica invasiva, 19 em situação grave, 112 são considerados moderados, 453 têm sintomas leves e 4.168 assintomáticos. Franco Mufinda informou que nos centros de tratamento da Covid-19, a nível do país, estão internados 593 doentes. Em quarentena institucional estão 217 cidadãos e 4.071 sob investigação epidemiológica. Nas últimas 24 horas, não houve registo de altas.

De acordo com o secretário de Estado, o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) registou, ontem, 211 chamadas, todas relacionadas a pedidos de informação sobre a pandemia da Covid-19.
O governante informou também que, nas últimas 24 horas, o laboratório processou 1.722 amostras, das quais 220 tiveram resultados positivos. Desde o início da pandemia em Angola, em Março, foram processados 135.919 amostras, sendo 8.049 positivas.

Preço dos testes

Franco Mufinda esclareceu que os Ministérios das Finanças e da Saúde acordaram que o teste rápido serológico passa a custar seis mil kwanzas, o Elisa 20 mil kwanzas e o RT-PCR (teste de Biologia Molecular) 75 mil kwanzas. O pagamento, frisou, deve ser depositado ou transferido na Conta Única do Tesouro.
O secretario de Estado voltou a apelar ao cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança, nomeadamente o uso obrigatório da máscara facial, lavagem frequente das mãos com sabão ou higienizá-las com álcool em gel e o respeito do distanciamento físico.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.