InicioAngolaSociedadeSegurança de armazém morto à facada no Rangel

Segurança de armazém morto à facada no Rangel

Um homem, de 38 anos, segurança de um armazém de venda de bens alimentares, no BAIRRO Terra Nova, Rangel, em Luanda, foi morto à facada este fim-de-semana por um jovem de 23 anos, soube o Novo Jornal junto de fonte do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

O crime ocorreu na Rua Henrique Gago da Graça, no mercado das Pedrinhas, bairro da Terra Nova, ao início da tarde de Sábado,17, na porta do armazém de venda de bens alimentares.

O suspeito, já detido, exercia o trabalho vulgarmente conhecido como “roboteiros”, indivíduo que transporta às costas ou por carrinho de mão cargas pesadas. Terá morto o homem com três facadas, sendo uma, no pescoço e duas na barriga.

Ao que o Novo Jornal apurou, a vítima encontrava-se de serviço e o suspeito estaria a acompanhar uma senhora que foi fazer compras naquele estabelecimento comercial. Gerou-se uma discussão pelo facto de o homicida ter sido impedido de entrar no armazém.

Mais de 48 horas depois do ocorrido o crime ainda não tinha chegado ao conhecimento do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional, confirmou ao início da manhã de hoje, segunda-feira, ao Novo Jornal, o inspector-chefe Nestor Goubel, porta-voz da corporação.

Segundo o responsável, as autoridades desconhecem esta situação porque não receberam nenhuma denúncia que fizesse referência a esta prática de crime no bairro da Terra Nova, a 200 metros do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional.

Segundo a fonte do SIC-Luanda que obteve o “filme” dos acontecimentos e detiveram o suspeito uma hora depois do crime, “o homicida após ser impedido de se introduzir no interior do armazém, pegou a faca de uma vendedora de carne e desferiu três facadas contra o segurança, sendo uma na zona do pescoço e duas na barriga, que acabaram por ser fatais”, afirmou o SIC.

A fonte do SIC-Luanda fez saber, entretanto, que o suspeito conseguiu colocar-se em fuga naquele primeiro momento, “tendo sido posteriormente detido, depois de ter solicitado um amigo para ir à busca da sua pasta que tinha esquecido nas proximidades do local do crime”.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.