- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Guiné-Bissau Advogados de antigo PM guineense acusam magistrado de forjar despacho e ameaçam...

Advogados de antigo PM guineense acusam magistrado de forjar despacho e ameaçam com queixa-crime

Defensa de Aristides Gomes aponta o dedo também ao Procurador-Geral da República.

Os advogados do antigo primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Aristides Gomes, acusaram o magistrado do Ministério Público, Juscelino Pereira, de forjar o despacho que supostamente aplicava como medida de coação a obrigatoriedade dele permanecer no país.

Em conferência de imprensa, nesta sexta-feira, 16, Luiz Vaz Martins, em nome do colectivo de advogados, responsabiliza também o Procurador-Geral da República, Fernando Gomes.

“O senhor Procurador Geral da República, à semelhança do magistrado Juscelino Pereira, que forjou o despacho e assinatura, também é passível de responsabilização pela prática de crime de prevaricação, falsificação de documento e usurpação de competência”, acusou Martins, que anunciou uma queixa crime porque é “o Estado que está em causa”.

“Vamos avançar com este processo porque achamos que neste processo as evidências são do conhecimento público e considerando a sua gravidade fomos aconselhados pelo nosso cliente no sentido de avançar na próxima semana com uma queixa-crime”, prometeu o advogado.

A VOA contactou o magistrado acusado, mas Juscelino Pereira disse que vai aguardar pela autorização do Conselho Superior da Magistratura para se pronunciar.

Ontem, o presidente do Tribunal da Relação, Tijane Djaló, disse que não existe qualquer processo contra o antigo Chefe do Governo.

Recorde-se que a 19 de Agosto, o Procurador Geral da República, Fernando Gomes, afirmara que Aristides Gomes está indiciado de vários crimes.

“Sim, confirmo que Aristides Gomes está indiciado em vários crimes, que oportunamente vamos revelar à imprensa. O nosso convite ao senhor Aristides Gomes para ser ouvido no Ministério Público não deve ser entendido como uma perseguição política ou perigo”, afirmou o PGR na ocasião.

Aristides Gomes continua refugiado nas instalações da ONU em Bissau, enquanto os seus advogados pedem a intervenção da comunidade internacional para que ele possa deslocar-se ao estrangeiro para tratamento médico.

- Publicidade -
- Publicidade -

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...
- Publicidade -

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Covid-19: Angola com 203 novos casos e 46 recuperados

Duzentos e três novas infecções, quatro óbitos e quarenta e seis recuperados foram registados, nas últimas 24 horas, em Angola. Segundo o secretário de Estado...

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...

Notícias relacionadas

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Covid-19: Angola com 203 novos casos e 46 recuperados

Duzentos e três novas infecções, quatro óbitos e quarenta e seis recuperados foram registados, nas últimas 24 horas, em Angola. Segundo o secretário de Estado...

Comité Central do MPLA analisa a situação do País

O Comité Central do MPLA reúne-se, hoje, na quarta sessão ordinária, para analisar a situação política, económica e social do país, além de questões...

Esfaqueamento em Nice: Pelo menos três mortos e vários feridos no interior de uma igreja

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, num esfaqueamento, ocorrido na cidade francesa de Nice. O ataque aconteceu esta manhã, numa igreja....
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.