InicioAngolaPolíticaLíder da UNITA sugere venda rápida de activos

Líder da UNITA sugere venda rápida de activos

O presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, sugeriu esta quinta-feira que o Estado realize, rapidamente, concursos públicos para a venda dos activos confiscados a entidade privadas.

“Estas apreensões, resultantes do combate à corrupção, devem ser levadas rápido a concursos públicos e não entregues directamente a amigos ou alguém de confiança”, expressou à imprensa o líder do maior partido da oposição, na Assembleia Nacional.

Trata-se de empreendimentos construídos com fundos públicos, que revertem para o Estado angolano no âmbito da Lei sobre o Repatriamento Coercivo e Perda Alargada de Bens, aprovada pelo Parlamento angolano.

Actualmente, o Estado tem feito a entrega destes empreendimentos a fieis depositários, enquanto prepara o processo de venda dos activos.

Conforme Adalberto Costa Júnior, que falava a propósito da abertura do Ano Parlamentar e da Mensagem do Presidente da República sobre o Estado da Nação, o Governo deve continuar a trabalhar para o combate dos monopólios em Angola.

O combate à corrupção e à impunidade é uma das “bandeiras” da governação do Presidente João Lourenço. Enquadra-se no conjunto de medidas do Executivo para assegurar a criação de um ambiente mais favorável para o investimento privado.

FonteAngop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.