- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa França: Recolher obrigatório em Paris e grandes cidades a partir de sábado

França: Recolher obrigatório em Paris e grandes cidades a partir de sábado

A região de Paris e uma série de outras oito grandes cidades francesas vão ficar sujeitas a um recolher obrigatório entre as 21 horas e as 6 da manhã para tentar combater a explosão do número de casos de Covid-19 por pelo menos quatro semanas. 22 000 novas infecções foram registadas durante as últimas 48 horas.

A França volta ao estado de emergência sanitária desde sábado e com recolher obrigatório nocturno por, pelo menos quatro semanas, em Paris e outras oito grandes cidades francesas.

Emmanuel Macron afirma que esta medida foi tomada por a epidemia de novo coronavírus ter atingido proporções “preocupantes” e sublinhou que os números relativos à entrada de doentes em reanimação nos hospitais não têm parado de aumentar e não haver camas em reserva.

Multas de 135 euros serão aplicadas em caso de desrespeito do dispositivo, em caso de novo desrespeito da regra a multa fica cifrada em 1 500 euros.

O presidente francês especificou que autorizações excepcionais serão concedidas para as pessoas que trabalham além das 21 horas.

Macron pretende alargar este novo dispositivo até 1de Dezembro, caso o Parlamento o autorize.

Não haverá, porém, restrições quanto à circulação dos transportes nem às deslocações entre províncias, pelo que o chefe de Estado francês se afirmou confiante quanto ao facto de que as pessoas possam gozar as suas férias do período de Todos os Santos, no início de Novembro.

O inquilino do Palácio do Eliseu pediu também que os franceses não sejam mais do que seis à mesa no restaurante ou em reuniões privadas e apelou ao uso da máscara.

Segundo Macron seria, porém, desproporcionado voltar a confinar toda a França.

Eis um excerto do anúncio deste recolher obrigatório por parte de Emmanuel Macron:

“O recolher obrigatório é uma medida pertinente.

Vimo-lo especificamente na Guiana, permitiu abrandar a circulação do vírus.

O que nos permitiu ser eficazes foi o abrandamento dos contactos sociais no distrito de Mayenne, mas também na Guadalupe, muito severamente afectada e que está a conseguir precisamente reduzir a circulação do vírus.

Decidimo-nos por um recolher obrigatório que se vai aplicar à região de Paris, onde o vírus circula de forma muito activa, e a outras oito grandes cidades de França.

As áreas metropolitanas de Grenoble, Lille, Lyon, Aix Marselha, Montpellier, Rouen, Saint Etienne e Toulouse.

Este recolher obrigatório é para ser observado entre as 21 horas e as 6 da manhã e ele vai começar a partir das 0 horas deste sábado.”

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.