- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política Discurso à Nação: UNITA dá cartão vermelho ao discurso do Presidente da...

Discurso à Nação: UNITA dá cartão vermelho ao discurso do Presidente da República

Tal como no discurso à Nação anterior, onde apresentaram cartão amarelo ao discurso do Presidente da República, João Lourenço, hoje, os deputados da bancada parlamentar da UNITA apresentaram cartão vermelho ao Presidente da República, que dirigiu a sua quarta mensagem à Nação na Assembleia Nacional, durante a cerimónia de abertura da quarta Sessão Legislativa da Assembleia Nacional.

O maior partido da oposição considera que o Presidente da República apresentou dados que não reflectem a realidade sobre a situação actual do País. Para além dos cartões vermelhos, os deputados da UNITA usaram máscaras faciais de cor preta com o sinal de proibição.

O andamento do processo de combate à corrupção e o não agendamento das eleições autárquicas, tal como referiu o Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, à entrada da Assembleia Nacional, estiveram na base do protesto do partido do “Galo Negro”.

Na visão da UNITA, o Chefe de Estado não trouxe perspectivas para os angolanos no discurso que durou mais de duas horas, conforme disse o deputado Joaquim Nafoia.

“Atribuímos cartões vermelhos porque foi um discurso vazio que não traz perspectivas de desenvolvimento para o País. Não traz perspectivas do ponto de vista de que as pessoas podem esperar algo de melhor para o amanhã. Portanto, é um cartão vermelho contra a má governação”.

Segundo a UNITA, que no ano passado atribuiu cartão amarelo ao Chefe de Estado, o novo discurso não retratou o que foi feito nos últimos doze meses e não apresentou ideias para a recuperação económica.

- Publicidade -
- Publicidade -

Angola: PGR investiga $2,3 mil milhões

Carregamentos de petróleo para Sam Pa podem comprometer Manuel Vicente, que goza de imunidades especiais até 2022. Dois mil milhões e trezentos mil dólares é...
- Publicidade -

Líbano: Saad Hariri nomeado primeiro-ministro

Após várias consultas parlamentares conduzidas pelo Presidente Michel Aoun, Saad Hariri volta a ser designado primeiro-ministro. O novo chefe do executivo libanês tem como...

Director Nacional de Inteligência diz que Rússia e Irão obtiveram dados de eleitores americanos

O Director de Inteligência Nacional dos EUA, John Ratcliffe, revelou nesta quarta-feira, 21, que a Rússia e o Irão têm tentado interferir nas eleições...

Presidente da Gâmbia em Bissau para estreitar relações

O Presidente da Gâmbia encontra-se na Guiné-Bissau por uma vista de algumas horas. Adama Barrow manteve um encontro com o seu homólogo, Umaro Sissoco Embalo...

Notícias relacionadas

Angola: PGR investiga $2,3 mil milhões

Carregamentos de petróleo para Sam Pa podem comprometer Manuel Vicente, que goza de imunidades especiais até 2022. Dois mil milhões e trezentos mil dólares é...

Líbano: Saad Hariri nomeado primeiro-ministro

Após várias consultas parlamentares conduzidas pelo Presidente Michel Aoun, Saad Hariri volta a ser designado primeiro-ministro. O novo chefe do executivo libanês tem como...

Director Nacional de Inteligência diz que Rússia e Irão obtiveram dados de eleitores americanos

O Director de Inteligência Nacional dos EUA, John Ratcliffe, revelou nesta quarta-feira, 21, que a Rússia e o Irão têm tentado interferir nas eleições...

Presidente da Gâmbia em Bissau para estreitar relações

O Presidente da Gâmbia encontra-se na Guiné-Bissau por uma vista de algumas horas. Adama Barrow manteve um encontro com o seu homólogo, Umaro Sissoco Embalo...

Guiné-Bissau: PAIGC acusa PGR, PR defende ordem e sociedade civil apela ao diálogo

O PAIGC, o partido maioritário mas na oposição na Guiné-Bissau, considera que a via do diálogo com o Presidente da República vai bem, enquanto...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.