- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política PGR confirma que investigação na Suíça determinou abertura de Caso São Vicente

PGR confirma que investigação na Suíça determinou abertura de Caso São Vicente

Em Agosto, a PGR tinha dito que não havia indícios de crime contra o empresário, agora detido.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirma a autenticidade do ofício enviado ao Ministério Público da Suíça, informando que não havia quaisquer indícios de crimes de corrupção contra o empresário Carlos São Vicente.

O ofício, datado de 13 de Agosto de 2020, a que a VOA teve acesso, foi enviado em resposta a uma carta rogatória das autoridades judiciais helvéticas a propósito do congelamento de 900 milhões de dólares pertencentes ao empresário angolano.

Em declarações à VOA, o porta-voz da PGR , Álvaro João, esclareceu que quando a instituição enviou a carta à Suíça, São Vicente não estava a ser investigado, nem tinha qualquer processo aberto , em Angola, sobre os crimes que agora lhe são imputados.

O magistrado do MP acrescentou que só depois de receber das autoridades da Confederação Suíça mais elementos “para sustentar o que se estava a passar”, a PGR angolana abriu o processo contra o antigo homem forte das AAA.

Álvaro João lembrou que a PGR enviou à Suíça, com este propósito, a responsável pela Recuperação de Activos, Eduarda Rodrigues.

“Só depois da resposta da Suíça e das denúncias internas, principalmente de Carlos Rosado, é que tivemos mais elementos e abrimos o processo de investigação”, acrescentou.

O caso

O empresário Carlos São Vicente, que está em prisão preventiva, foi constituído arguido a 16 de Agosto por suspeita dos crimes de peculato, branqueamento de capitais e tráfico de influência, cometidos enquanto presidente do Conselho de Administração das AAA.

A prisão foi antecedida da apreensão de 49 por cento das participações sociais da AAA Activos no Standard Bank de Angola, SA, sob gestão de Carlos São Vicente

Depois foi a vez dos edifícios AAA em Luanda e em algumas províncias, do edifício IRCA, bem como a rede de hotéis IU e IKA, todos localizados em Luanda.

Entre os bens apreendidos encontra-se também um imóvel, sito no condomínio Sodimo, na Praia do Bispo, que servia de escritório de Manuel Vicente, ex-presidente do Conselho de Administração da Sonangol e antigo vice-presidente da República, os edifícios ADLI, em Luanda, Thike Hotel, também conhecido por “Edifício Tower”.

No condomínio Sodimo foram apreendidos vários imóveis.

Como fiel depositário dos imóveis foi nomeado o Cofre Geral de Justiça.

A esposa de Carlos São Vicente, Irene Neto, filha do primeiro Presidente angolano, Agostinho Neto, também teve os bens congelados em Angola e numa primeira reacção disse haver um “massacre judicial e mediático” contra a família dela e aponta o dedo ao poder executivo “que tem uma intolerável interferência” no poder judicial.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -

Alemanha: Mais um dia com mais de 11 mil infecções e 49 mortos

A Alemanha volta a registar mais de 11 mil infecções num só dia. Dados do Instituto Robert Koch, desta sexta-feira, indicam que o país...
- Publicidade -

Chico Buarque, Martinho da Vila e Nélida Piñon são finalistas do prémio Jabuti

Lista inclui Ruy Castro, Djamila Ribeiro e Reinaldo José Lopes, colunistas da Folha; vencedores saem em Novembro Maior prémio literário anual do país, o Jabuti...

Russomanno tem carros e imóveis bloqueados pela Justiça desde 2016

Candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (Republicanos) está com dois carros e um imóvel em Itanhaém, cidade do litoral paulista, penhorados pela...

Prémio Sakharov entregue à oposição bielorrussa

A oposição democrática bielorrussa recebeu esta quinta-feira o prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento de 2020. Isabel Santos, eurodeputada socialista e coordenadora dos...

Notícias relacionadas

Alemanha: Mais um dia com mais de 11 mil infecções e 49 mortos

A Alemanha volta a registar mais de 11 mil infecções num só dia. Dados do Instituto Robert Koch, desta sexta-feira, indicam que o país...

Chico Buarque, Martinho da Vila e Nélida Piñon são finalistas do prémio Jabuti

Lista inclui Ruy Castro, Djamila Ribeiro e Reinaldo José Lopes, colunistas da Folha; vencedores saem em Novembro Maior prémio literário anual do país, o Jabuti...

Russomanno tem carros e imóveis bloqueados pela Justiça desde 2016

Candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (Republicanos) está com dois carros e um imóvel em Itanhaém, cidade do litoral paulista, penhorados pela...

Prémio Sakharov entregue à oposição bielorrussa

A oposição democrática bielorrussa recebeu esta quinta-feira o prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento de 2020. Isabel Santos, eurodeputada socialista e coordenadora dos...

Suicídios estão cada vez mais presentes no nosso dia-a-dia

Em Angola foram registados, de 2018 até ao primeiro semestre deste ano, 1.984 suicídios, por razões diversas. A província de Luanda, com 826 casos,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.