InicioAngolaRegiõesEstrada de acesso à vila do Nóqui começa a ser asfaltada

Estrada de acesso à vila do Nóqui começa a ser asfaltada

Mbanza Kongo – Os cento e quatro quilómetros da estrada nacional 120 (EN120), que ligam a localidade do Nkoko, município de Mbanza Kongo à vila fronteiriça do Nóqui, província do Zaire, começam a ser asfaltados este mês, no quadro do Programa de Reabilitação de Infra-estruturas Rodoviárias do Executivo angolano.

A cargo das empresas Tecnovia-Angola e Engevia, as obras de reabilitação deste troço rodoviário que contemplam também a construção de três pontes sobre os rios Luvo, Mpozo e Lué, estão orçadas em 66 mil milhões, 43 milhões, 292 mil e 881 Kwanzas. Os trabalhos terão a duração de 24 meses.

Segundo dados recolhidos no acto de consignação deste eixo rodoviário de acesso à fronteira com a RDC, a estrada terá nove metros de largura, com duas faixas de rodagem de 3,5 metros cada e um metro de berma em cada sentido.

Os primeiros 51 quilómetros de estrada entre a localidade do Nkoko e a sede comunal do Mpala foram adjudicados à empresa Tecnovia-Angola, ao passo que os 52 quilómetros do traçado Mpala à Vila do Nóqui serão executados pela empresa Engevia. Duas empresas foram contratadas para fiscalizar as obras, nomeadamente Prafis e Tatop.

A empreitada vai gerar 350 postos de trabalho directo para a juventude local e contribuirá no desenvolvimento socioeconómico do município fronteiriço do Nóqui.

No acto de consignação da empreitada, o ministro das Obras Públicas e Ordenamento do Território, Manuel Tavares, disse que o seu ministério vai continuar a fazer advocacia junto das autoridades centrais na disponibilização de mais verbas para que outros projectos ligados à estrada nesta parcela do território nacional sejam executados e concluídos nos prazos estabelecidos.

Pediu às empresas a quem foram adjudicadas as empreitadas a cumprirem com os prazos contratuais para melhorar a circulação rodoviária entre o Nóqui e o resto do país.

Por sua vez, o governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, disse que para além de tornar fluida a circulação na estrada nacional 120, a estrada de acesso ao município do Nóqui vai também dinamizar as trocas comerciais entre Angola e RDC.

A reabilitação da estrada Mbanza Kongo/Nóqui começou em 2012, tendo sido asfaltados 40 quilómetros, dos 165 previstos, cujas obras foram interrompidas em 2015 por causa da crise económica e financeira.

FonteAngop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.