- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Cultura Música Esperança de Don Kikas continua moribunda

Esperança de Don Kikas continua moribunda

Uma festa mwangolé a partir do Cine Teatro Capitólio, na capital portuguesa, Lisboa, testemunhada na tarde de domingo por milhares de telespectadores e internautas em Angola e no mundo, foi a atracção do último “Live no Kubico”, que celebrou os 25 anos de carreira de Don Kikas.

Emitido pelo canal principal e o internacional da TPA e nas plataformas digitais da Platinaline, o artista fez uma incursão aos temas mais emblemáticos da sua carreira artística. No live na qual Don Kikas teve como convidados Bonga, Tito Paris e Eddy Tussa, o anfitrião aproveitou para homenagear Waldemar Bastos e Carlos Burity.

Em quase três horas de concerto, Don Kikas não apenas interpretou temas angolanos como narrou estórias da “banda”, o que proporcionou um verdadeiro regresso à sua base musical.

O músico arrancou o concerto em grande interpretando “Esperança Moribunda”, tema que remete aos dias difíceis do período de guerra civil e às suas consequências sociais, como o fenómeno “menino de rua”. Do seu lado mais picante e romântico desfilou “Pura Sedução”, “Saquirima”, “Como foi bom”, “Lama do Amor” e “Angolanamente sensual”. Com a corista e amiga Yura Silva interpretou “Amor de Ninguém”, original de um belo dueto com a cantora Pérola.

Numa festa na qual o artista valorizou os trabalhos da comunidade e o exemplo foi o guarda-roupa da estilista africana Rosalina, teve como convidados dois grandes representantes da comunidade musical africana em Portugal, Bonga e Tito Paris. O cabo-verdiano partilhou o palco em “Muxima” e com Bonga (voz, dikanza e puita) reviveram “1900 Kapuza” e “Kisselenguenha”. Com o embaixador Bonga subiram ao palco Betinho Feijó e Carlitos Tchiema, dois instrumentistas e produtores incontornáveis na música moderna de raiz.

A união entre gerações ficou patente com Eddy Tussa que deixou o seu perfume de kamundongo em “Pato Fora”, numa tarde de domingo onde a folia de fim-de-semana de Luanda ganhou vida em “Sexta-feira”.

Com Jessica Pina, no trompete, e Sófia Grácio no piano, Don Kikas deu o seu toque em “Velha Xica” de Waldemar Bastos, no momento de homenagens que também passou por “Onjala Yeya” de Carlos Burity. O músico deu um xeque-mate ao levar os filhos: Flávio, Enzo e Kuzi para com ele partilharem o palco.

Don Kikas, em alguns momentos acompanhado da sua guitarra acústica, mostrou o seu lado de trovador, pouco explorado, tendo interpretado temas inéditos como “Nzala”, um tema em kikongo numa parceria com Gui Destino, e “Mamã Zungueira”. Galiano Neto, mestre da percussão angolana esteve em palco numa banda onde constavam Alex Zuk (bateria), Anderson Ivo (teclados), Peterson Gau (baixo), Elmano Costa (saxofone e flauta), Jéssica Pina (trompete), Sófia Grácio (coros e piano), Yura Silva (coros) e Tino MC, guitarrista cabo-verdiano muito presente na música angolana.

Don Kikas apresentou-se como convidado noutros concertos realizados a partir de Lisboa, numa produção de Ricardo Santos, da Frequentaplausos, em parceria com a TPA e Platinaline. As últimas duas grandes passagens por palcos nacionais do artista aconteceram no Show do Mês e nos Duetos D’avenida.

O “Live no Kubico” regressa este domingo a Luanda, com uma edição especial de celebração aos 45 anos da TPA, animada por Kituxi e seus acompanhantes, Vozes do Nâmbwa, Ndengues do Kota Duro, Justino Handanga, Socorro, Tunjila Tuajokota, Banda Akapaná, Grupo Cultural Mayeye Kotukwa Tu Mokina, Banda Mimbo, Kumby Ly Lixya, Familia Chiclé e Desbunda.

- Publicidade -
- Publicidade -

MPLA consternado pela morte do nacionalista Horácio Brás

O Bureau Político do Comité Central do MPLA manifestou, nesta quarta-feira, consternação pela morte do nacionalista Horário Pereira Brás, ocorrido na passada terça-feira, 27,...
- Publicidade -

1.º de Agosto inicia quadrangular com vitória

O 1.º de Agosto venceu nesta quarta-feira, em Luanda, o FC Bravos do Maquis, por 3-1, em jogo da primeira jornada do torneio quadrangular...

Detido falso agente do SIC em Mbanza Kongo

Um cidadão nacional, de 35 anos de idade, que se fazia passar por efectivo do Serviço de Investigação Criminal (SIC), foi detido esta quarta-feira,...

Huíla recebe cem toneladas de sementes de milho para campanha

Pelo menos cem toneladas de semente de milho estão disponíveis para primeira fase da Campanha Agrícola 2020/2021, que estão a ser distribuídas em mais...

Notícias relacionadas

MPLA consternado pela morte do nacionalista Horácio Brás

O Bureau Político do Comité Central do MPLA manifestou, nesta quarta-feira, consternação pela morte do nacionalista Horário Pereira Brás, ocorrido na passada terça-feira, 27,...

1.º de Agosto inicia quadrangular com vitória

O 1.º de Agosto venceu nesta quarta-feira, em Luanda, o FC Bravos do Maquis, por 3-1, em jogo da primeira jornada do torneio quadrangular...

Detido falso agente do SIC em Mbanza Kongo

Um cidadão nacional, de 35 anos de idade, que se fazia passar por efectivo do Serviço de Investigação Criminal (SIC), foi detido esta quarta-feira,...

Huíla recebe cem toneladas de sementes de milho para campanha

Pelo menos cem toneladas de semente de milho estão disponíveis para primeira fase da Campanha Agrícola 2020/2021, que estão a ser distribuídas em mais...

“Não se concebe que em 45 anos precisemos comprar água de injecções no estrangeiro”

Euclides Sacomboio é docente no Instituto Superior de Ciências da Saúde (ISCISA) na Universidade Agostinho Neto e fala, nesta entrevista, da necessidade de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.