InicioMundo LusófonoMoçambiqueTemporal mata cinco pessoas em Manica

Temporal mata cinco pessoas em Manica

A passagem de um vendaval na província moçambicana de Manica provocou a morte de cinco pessoas neste sábado, 10, quando as vítimas foram surpreendidas por ventos fortes e chuva de granizo que destruíram habitações e infraestruturas públicas.

Uma idosa e sua neta foram atingidos por uma parede do muro de vedação de uma pista de motocross, no subúrbio de Chimoio, a capital de Manica.

A mulher e a neta acabavam de ter alta no Hospital Provincial de Chimoio, onde tinham passado dias ao fio no leito da pediatria, a lutar contra malária e princípios de uma anemia, quando foram surpreendidos pelo vendaval.

“No caminho, quando regressavam para casa depois da alta médica, foram ‘apanhadas’ com vendaval e procuraram se abrigar no muro para escapar o vento e o granizo, mas a parede cedeu e desabou sobre elas” explicou à VOA Pedro Chitupa, a irmã da idosa.

Ainda inconsolável Pedro Chitupa, disse que os parentes estavam felizes porque as duas tinham vencido a luta pela doença, e ficaram surpresos com a tragédia.

Uma terceira vítima, – uma mulher adulta – que tinha sido socorrida com ferimentos graves no desabamento do mesmo muro, veio a morrer no início da tarde deste domingo, 11 Outubro, no Hospital Provincial de Chimóio.

Igualmente uma criança morreu depois de ser atingida por uma parede da residência onde se encontrava a dormir na zona de Amatongas, no distrito de Gôndola.

Já uma outra mulher foi atingida por um raio quando se encontrava a lavrar na sua quinta num subúrbio de Chimóio, durante a passagem do temporal.

“Queremos solidarizar-nos com as vítimas, e dar o nosso sentimento de pesar àquelas que perderam seus parentes por causa deste vendaval” disse Francisca Tomás, a governadora de Manica durante uma conferência de imprensa.

A dirigente disse que uma equipa continua a fazer o levantamento dos estragos do vendaval que durou quase meia hora e que foram mobilizados lonas e alimentos para assistir as famílias desalojadas.

Várias habitações, igrejas e muros de vedação desabaram e postes de energia caíram em muitos bairros de Chimóio e Gôndola, as duas áreas mais fustigadas pelo temporal na província de Manica.

FonteVoA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.