- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Política CASA-CE CASA-CE acusa Executivo de dar mais atenção à província da Huila que...

CASA-CE acusa Executivo de dar mais atenção à província da Huila que ao resto do País

O grupo parlamentar da Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral, “CASA-CE), criticou o titular do poder Executivo de ser parcial ao dar mais atenção à província da Huíla, onde as obras do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) decorrem a um ritmo mais vigoroso que nas restantes províncias.

“A província da Huila hoje é modelo em termos de execução de obras. O seu governador consegue realizar obras. Todos sabem de quem é a Omatapalo, a empresa que está nas grandes obras na Huíla”, disse ao Novo Jornal o deputado da CASA-CE, Manuel Fernandes, depois de uma digressão do seu grupo parlamentar no sul de Angola.

“O problema é do titular do poder Executivo, temos de dizer sem qualquer problema””, critica, sublinhando, como exemplo das discrepâncias a que alude, que o governador de Benguela, Rui Falcão, já lamentou esta situação.

Manuel Fernandes reconheceu, por exemplo, as dificuldades com que se debatem os empreiteiros em algumas províncias na entrega das obras a si adjudicadas.

“As autoridades centrais prestam mais atenção à província da Huila, o que não acontece com as restantes, onde os fundos do PIIM demoram para chegar”, referiu, acrescentando que em algumas províncias o PIIM se transformou num meio de enriquecimento ilícito por parte de alguns dirigentes.

Manuel Fernandes apelou para a necessidade de haver uma fiscalização rigorosa à implementação do PIIM, que prevê a concretização de vários projectos em todo o território nacional.

“As acções em curso no quadro PIIM devem merecer maior fiscalização dos deputados à Assembleia Nacional e sociedade civil”, disse ainda, sublinhando que “é necessário verificar se as empresas construtoras cumprem com os prazos de execução dos diferentes projectos, bem como a qualidade dos mesmos”.

Manuel Fernandes lembrou que o combate à corrupção deve ser “um desafio que todo o cidadão deve assumir”, de modo a que o mesmo seja feito “de forma séria e responsável”, para permitir o crescimento económico-social do país.

- Publicidade -
FonteNJ
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.