InicioAngolaSociedadeUm herói angolano que ninguém conhece

Um herói angolano que ninguém conhece

Chama-se Sebastião Modeste Yombo Tchayeva e é um dos heróis desconhecidos de Angola.

Não é herói devido a uma súbita ação de valentia ou coragem e talvez por isso não é mencionado nos jornais.

Mas é um herói que sem quase nenhum apoio faz o impossível.

Faz tudo para garantir assistência médica à população numa zona do interior da província do Namibe, onde como enfermeiro, ele e outros como lutam diariamente com insuficiências que fariam qualquer outra pessoa desistir.

Cuida da saúde das crianças, assiste as mulheres gestantes até ao parto, faz o papel de médico e diariamente consulta em média de 20 a 30 pacientes.

Malária, diarreias, infeções, doenças respiratórias e “gripe também” tudo passa por ele e até mesmo serve muitas vezes de parteiro e de enfermeiro pediátrico mas queixa-se apenas da “falta de fármacos”.

“Estou aqui sozinho desde Novembro de 2016”, disse à VOA, acrescentando com modéstia que “este trabalho sozinho é um pouco difícil”.

“Às vezes quando me ausento o posto fica fechado”, afirmou porque desloca-se também “ao posto de rasteio nas Mangueiras” onde passa dois dias antes de regressar à base,

À noite mantém as portas do seu posto de saúde abertas para atender o povo à luz do candeeiro ou à luz da lanterna pessoal do telemóvel.

“Aqui a luz é difícil e se temos um parto, alguém envolvido num acidente pegamos no telefone que serve de lanterna”, revelou

“Assim à noite posso ter uma mão na seringa e outra na luz do telemóvel, é um pouco difícil mas temos que remediar assim”, lamenta.

Mas como carrega o telemóvel se não há electricidade?

“Compramos aquele (painel) solar no mercado informal e por vezes utilizamos acumulador, mas tudo por minha conta”, esclareceu, lamentando que “não temos como fazer, temos só que esperar”.

Tal como Sebastião Modeste Yombo Tchayeva, outros enfermeiros no interior da província do Namibe trabalham sozinhos num posto de saúde, não têm renda, não têm sábado e nem domingo para repousarem e atravessam um mar de dificuldades que nem sempre chegam ao conhecimento de quem governa.

Com todas essas dificuldades porque é que Sebastião Modeste Yombo Tchayeva faz o que faz? Patriotismo?

“Sim”, diz ele com um riso baixo, de humildade, de herói que não pede fama.

Ouça aqui as declarações do enfermeiro, em serviço no posto médico da localidade de Assunção, a 45 quilómetros do Município da Bibala e a120 quilómetros da capital da cidade do Namibe.

FonteVoA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.