- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Ténis João Zilhão: "Roland-Garros ganha dezenas de milhões de euros em direitos televisivos"

João Zilhão: “Roland-Garros ganha dezenas de milhões de euros em direitos televisivos”

O torneio parisiense de ténis, Roland-Garros, decorre na capital francesa desde 27 de Setembro. A prova, que deveria decorrer de 24 de Maio a 7 de Junho foi adiada devido à pandemia de Covid-19, vai terminar a 11 de Outubro.

A Federação Francesa de ténis decidiu organizar Roland-Garros isto apesar das restrições devido à Covid-19.

A principal dificuldade sendo a limitação do número de espectadores. A organização apontou para um número acima das 5000 pessoas se as condições sanitárias melhorassem, no entanto pioraram. O Governo gaulês decidiu limitar a 1000 espectadores a lotação do complexo de Roland-Garros.

João Zilhão, director do torneio português Millennium Estoril Open.
(© Cortesia João Zilhão)

Apesar dessas adversidades, o torneio realiza-se e é importante para os cofres da Federação Francesa de ténis, visto que Roland-Garros representou em 2019 cerca de 260 milhões de euros, inclusive 40% relativos aos direitos televisivos. Isto significa que mesmo sem uma boa parte das receitas devido à bilheteira, no mínimo os organizadores têm mais de 100 milhões de receitas no que diz respeito aos direitos televisivos.

Para João Zilhão, director do torneio português Millennium Estoril Open, a pandemia vai prejudicar o ténis e provas como a portuguesa, que não se realizou devido à Covid-19, mas Roland-Garros e os torneios do Grand Slam, apesar de não terem as mesmas receitas, não estão em perigo economicamente.

João Zilhão, director do torneio português Millennium Estoril Open, que já aponta as baterias para 2021, se as condições sanitárias forem favoráveis.

- Publicidade -
FonteRFI
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.