- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Doing Business 2020: Côte d'Ivoire ganha 12 lugares

Doing Business 2020: Côte d’Ivoire ganha 12 lugares

O país melhorou o seu desempenho em termos de facilitação de negócios, segundo o relatório do Banco Mundial publicado no final de Outubro.

É um governo marfinense satisfeito com o desempenho da Costa do Marfim no Doing Business 2020 que se pronunciou sobre o assunto ao adoptar, no Conselho de Ministros, uma comunicação relativa à apresentação dos desempenhos da Costa do Marfim. contido no Relatório Doing Business 2020.

“O Relatório Doing Business 2020, tornado público a 24 de Outubro, marca uma melhoria constante no desempenho do país em termos de facilitar e simplificar os procedimentos do quadro de gestão empresarial na Costa do Marfim. De acordo com este relatório do Grupo Banco Mundial, a Côte D´Ivoire é o 110º país no mundo em termos de facilidade para fazer negócios e está a 12 posições acima do relatório do ano passado.

Além disso, a pontuação do  Doing Business anteriormente conhecida como Distance to the Frontier vai de 58,00 para 60,70, um aumento de 2,7 ”, saudou o porta-voz do governo.

Adama Coulibaly, Ministro da Economia e Finanças da Côte D´Ivoire (Foto: D.R.)

Estes desempenhos, explica o Conselho, devem-se à inclusão de quatro reformas em três indicadores, num total de quinze medidas e reformas em seis indicadores apresentados pela Côte d’Ivoire.

Trata-se do indicador Pagamento de impostos e taxas alfandegárias, que aumentou 61 lugares, de 175º para 114º, o indicador de execução de Contratos, que aumentou doze (12) lugares, da O indicador de conexão de eletricidade subiu dois lugares e o indicador de Protecção de investidores minoritários subiu vinte e nove lugares.

De acordo com uma contagem, desde o início do processo de reforma em 2013, a Côte d’Ivoire melhorou a sua pontuação em 67 lugares, passando de 177º lugar em 2013 para 110º em 2019. “O Conselho de Ministros da Côte d ‘Ivoire, congratulou-se com estes desempenhos que reflectem o bom momento do Governo em termos de governação política e económica e exortou os ministros preocupados com os indicadores ainda pendentes a envidar mais esforços para os aumentar ”. 

A natureza urbana de Abidjan, capital da Côte D´Ivoire (Foto: D.R.)

Mesmo que o país saia do Top 10 dos maiores reformadores do mundo, continua em clara progressão e almeja “nos próximos anos” figurar entre as 100 melhores economias do mundo “.

É esta a ambição do ministro da Costa do Marfim ao Primeiro-ministro responsável pela promoção do investimento privado, Emmanuel Esmel Essis, entrevistado pela APA. “Em qualquer ação, você nunca está satisfeito.

Mas estamos muito felizes por termos conquistado 67 lugares desde o início do processo Doing Business. Estamos optimistas no sentido de que, nos próximos anos, atingiremos a meta de estar entre pelo menos as cem melhores economias do mundo ”, disse Essis ao nosso colega APA. Isso quer dizer que os próximos relatórios serão muito escrutinados.

- Publicidade -
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...
- Publicidade -

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...

Notícias relacionadas

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...

MINSA teme colapso do sistema de Saúde

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, considerou sábado, em Luanda, que o aumento de infecções por Covid-19 no país pode...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.