InicioMundoÁfricaCibersegurança: "É hora de agir para evitar o caos digital em África...

Cibersegurança: “É hora de agir para evitar o caos digital em África dentro de dois anos”

Engenheiro de segurança cibernética, o franco-senegalês Clément Domingo é também um dos hackers mais proeminentes, sob o pseudónimo de SaxX.

Co-fundador da comunidade hacker Hexpresso há oito anos, ele coordena as actividades dessa comunidade entre membros, na França e em alguns contactos em Dacar. O jovem de 29 anos reivindica o lado “ético” da sua actividade, que coloca ao serviço das empresas para identificar as falhas nos seus sistemas digitais.

Por oito meses, ele tem se concentrado em particular na segurança cibernética em África, oferecendo às empresas africanas ajuda para corrigir as vulnerabilidades dos seus sites ou aplicativos móveis. Este mês, ele ajudou notavelmente a Agência de Segurança Cibernética do Benin (Anssi) a organizar o HackerLab, uma competição para recrutar os melhores hackers, que terminou a 30 de Setembro último.

Ele oferece à Jeune Afrique um relatório alarmante sobre o estado da cibersegurança no continente.

Jeune Afrique: Em um relatório publicado no final de setembro, a Kaspersky, editora de software de cibersegurança, listou 28 milhões de ciberataques na África entre janeiro e agosto de 2020. Esses números são preocupantes?

Clément Domingo (SaxX): Actualmente, esses números ainda estão  abaixo dos que podem ser encontrados na Europa ou na América do Norte. Mas eles estão a aumentar à medida que a digitalização do continente melhora e realmente precisamos de fazer soar o alarme, se não quisermos acabar com um enorme caos digital no nosso continente em dois anos.

As empresas africanas não estão cientes da segurança cibernética. Tive a oportunidade, durante o confinamento, de testar um aplicativo de dinheiro móvel por um mês para a subsidiária da África Ocidental de uma operadora europeia.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.