- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono Brasil PF faz buscas na casa do governador de SC devido a suposta...

PF faz buscas na casa do governador de SC devido a suposta fraude na compra de respiradores

Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal cumprem na quarta-feira (30) mandado de busca e apreensão na residência do governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), em Florianópolis.

O mandado de busca e apreensão na Casa da Agronômica, onde mora o governador, foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça e é necessário para apurar a relação de Carlos Moisés com empresários que venderam aparelhos ao estado, afirma o MPF.

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, após reunião no Ministério da Economia (foto de arquivo).
(© FOTO / AGÊNCIA BRASIL / VALTER CAMPANATO)

O contrato sob suspeita é da compra de 200 respiradores para enfrentamento da pandemia da COVID-19 no estado por R$ 33 milhões pagos antecipadamente pelo governo de Carlos Moisés em março. Os aparelhos nunca foram entregues.

A operação cumpre mais mandados em Santa Catarina, também em propriedades de dois ex-integrantes do governo, que não tiveram os nomes informados, informa a Procuradoria Geral da República.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...
- Publicidade -

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Notícias relacionadas

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Último debate entre Trump e Biden com microfones silenciados

Faltam duas semanas para as eleições e as campanhas dos candidatos à Casa Branca já estão em contrarrelógio. Na quinta-feira, Donald Trump e Joe...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.