- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Bélgica nomeia novo primeiro-ministro e põe fim a 16 meses de crise...

Bélgica nomeia novo primeiro-ministro e põe fim a 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido esta quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 meses de crise política.

De Croo, 44 anos, foi líder do partido liberal flamengo Open VLD, e o seu governo federal — cuja composição ainda não é conhecida — deverá refletir o equilíbrio chegado entre os sete partidos flamengos e francófonos que integram a coligação governamental, apelidada de ‘Vivaldi’.

As eleições federais belgas tiveram lugar em 26 de maio de 2019, cinco meses depois da demissão do então primeiro-ministro Charles Michel, não tendo sido desde então atingido o objetivo de formar um governo de maioria.

De Croo deverá tomar posse na quinta-feira e apresentar o seu programa e composição de Governo, substituindo a primeira-ministra interina, Sophie Wilmès.

Em Agosto, o país tinha já batido o anterior recorde de crise política (589 dias), estabelecido em 06 de dezembro de 2011.

- Publicidade -
- Publicidade -

Dinamarquês que matou jornalista num submarino tentou fugir da prisão

O dinamarquês condenado por torturar e matar uma jornalista sueca no seu submarino privado fugiu esta terça-feira da prisão, onde cumpre prisão perpétua, mas...
- Publicidade -

Conselheiro de segurança de Trump no Brasil para acordo comercial e campanha anti-China

Delegação americana quer passar mensagem de que o alinhamento do Brasil e da China pode compensar o mal-estar com Pequim. Chefe de uma delegação americana...

EUA: Afluência às urnas favorece até agora Joe Biden

A duas semanas das eleições presidenciais e legislativas americanas uma coisa é certa: A afluência às urnas deverá este ano ser um recorde. Fazendo uso...

UNITA apoia manifestação contra desemprego e por eleições autárquicas

A UNITA, principal partido da oposição em Angola, apoia uma manifestação programada para este sábado, 24, por activistas como forma de pressionar o Presidente...

Notícias relacionadas

Dinamarquês que matou jornalista num submarino tentou fugir da prisão

O dinamarquês condenado por torturar e matar uma jornalista sueca no seu submarino privado fugiu esta terça-feira da prisão, onde cumpre prisão perpétua, mas...

Conselheiro de segurança de Trump no Brasil para acordo comercial e campanha anti-China

Delegação americana quer passar mensagem de que o alinhamento do Brasil e da China pode compensar o mal-estar com Pequim. Chefe de uma delegação americana...

EUA: Afluência às urnas favorece até agora Joe Biden

A duas semanas das eleições presidenciais e legislativas americanas uma coisa é certa: A afluência às urnas deverá este ano ser um recorde. Fazendo uso...

UNITA apoia manifestação contra desemprego e por eleições autárquicas

A UNITA, principal partido da oposição em Angola, apoia uma manifestação programada para este sábado, 24, por activistas como forma de pressionar o Presidente...

Última Hora: Um morto, três feridos e 50 detidos em tumultos no município de Cacuaco

Uma pessoa morreu, pelo menos três ficaram feridas e 50 foram detidas na sequência de um tumulto registado hoje no Sequele, município de Cacuaco,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.