- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Erro médico: Hospital troca soro alimentar por anestésico e mata bebê

Erro médico: Hospital troca soro alimentar por anestésico e mata bebê

Uma bebê prematura morreu no passado mês de Janeiro na unidade de Neonatologia do hospital Donostia de San Sebastián, na Espanha, por aquilo que se considera ter sido um “erro de medicação”. E não seria o único caso.

Segundo reportagem feita pelo El Correo, os profissionais desta unidade de saúde teriam se enganado na administração de soro alimentar a duas bebês prematuras e, ao invés de lhes dar o soro alimentar, administrou-lhes um forte anestésico.

Após o erro, o estado de saúde das bebês, que pesavam 600 e 800 gramas, piorou num período de 48 horas. Ao constatarem o lapso, os profissionais desta unidade interromperam de imediato administração do remédio e comunicaram o sucedido às famílias. Uma das crianças morreu três dias após o incidente tendo as análises ao seu sangue detectado uma grande quantidade de Propofol no organismo.

A outra bebê sobreviveu mas precisou passar por vários procedimentos médicos não se sabendo ainda se haverá consequências a longo prazo para o sucedido.

Embora as embalagens dos dois produtos seja bastante similar, o advogado das famílias refere que se trata de um “erro inaceitável” e afirma que as famílias exigem agora uma indemnização de milhares de euros.

- Publicidade -
FonteNM
- Publicidade -

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...
- Publicidade -

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Notícias relacionadas

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Último debate entre Trump e Biden com microfones silenciados

Faltam duas semanas para as eleições e as campanhas dos candidatos à Casa Branca já estão em contrarrelógio. Na quinta-feira, Donald Trump e Joe...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.