- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Arménia nega declarações do Azerbaijão sobre morte de 550 militares arménios

Arménia nega declarações do Azerbaijão sobre morte de 550 militares arménios

O Ministério da Defesa da Arménia negou declarações de Baku sobre grandes perdas do Exército arménio em Nagorno-Karabakh.

Em particular, o ministério azeri declarou que as Forças Armadas da Arménia perderam mais de 550 pessoas mortas e feridas.

“As informações do Azerbaijão sobre perdas de nossas tropas não correspondem à realidade”, declarou Artsrun Ovannisyan, porta-voz do Ministério da Defesa da Arménia, acrescentando que os confrontos continuaram durante a madrugada.
“As nossas Forças Armadas alcançaram progressos significativos. No entanto, [a situação permanece] ainda agitada com contínuo de confrontos, e em alguns locais decorrem ‘duelos de artilharia'”, afirmou.

Segundo autoridades militares da não reconhecida república de Nagorno-Karabakh, os combates já ocasionaram a morte de 31 pessoas do lado arménio.

Na manhã do domingo (27), ocorreu um confronto armado em Nagorno-Karabakh, uma região autónoma de maioria arménia que proclamou independência em 1991 da então República Socialista Soviética do Azerbaijão.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

Norberto de Castro aguarda parecer da Comissão Eleitoral

Candidato diz que apesar do contratempo verificado no processo tem todas as condições reunidas para dar início à sua campanha. Depois de o Ministério da...
- Publicidade -

Dúvidas acabam em Novembro: Falta pouco para saber se haverá uma vacina eficaz

Há 44 candidatas em avaliação clínica e, destas, dez já estão na última fase de testes. No final de Novembro ,já se saberá se...

Organizações da sociedade civil repudiam cobrança de emolumentos no ensino secundário

Três organizações da sociedade civil realizaram, nesta terça-feira, 27, em Luanda, uma conferência de imprensa onde apresentaram uma carta aberta dirigida ao Presidente da...

Renovação: Congresso da FNLA agendado para Junho

O Comité Central da FNLA decidiu, ontem, agendar, para o período entre 16 e 19 de Junho, o quinto Congresso Ordinário do partido, que...

Notícias relacionadas

Norberto de Castro aguarda parecer da Comissão Eleitoral

Candidato diz que apesar do contratempo verificado no processo tem todas as condições reunidas para dar início à sua campanha. Depois de o Ministério da...

Dúvidas acabam em Novembro: Falta pouco para saber se haverá uma vacina eficaz

Há 44 candidatas em avaliação clínica e, destas, dez já estão na última fase de testes. No final de Novembro ,já se saberá se...

Organizações da sociedade civil repudiam cobrança de emolumentos no ensino secundário

Três organizações da sociedade civil realizaram, nesta terça-feira, 27, em Luanda, uma conferência de imprensa onde apresentaram uma carta aberta dirigida ao Presidente da...

Renovação: Congresso da FNLA agendado para Junho

O Comité Central da FNLA decidiu, ontem, agendar, para o período entre 16 e 19 de Junho, o quinto Congresso Ordinário do partido, que...

Ursula von der Leyen alerta que “Natal deste ano será diferente”

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou que "o Natal deste ano será diferente" devido à pandemia de covid-19, e depende...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.