InicioMundoÁfricaNigéria: Ministério criará plataforma para tirar 100 milhões de nigerianos da pobreza

Nigéria: Ministério criará plataforma para tirar 100 milhões de nigerianos da pobreza

O Ministério Federal da Ciência e Tecnologia afirma que está a trabalhar num projecto que visa criar uma plataforma, sugerida pelo presidente Muhammadu Buhari, para tirar 100 milhões de nigerianos da pobreza nos próximos 10 anos. O ministro Ogbonnaya Onu, fez estas declarações em Abuja, durante o acto de inauguração de um Comité Técnico para impulsionar a comercialização dos produtos de pesquisa do ministério, visando acelerar a realização do sonho da Nigéria, de se tornar numa nação autossuficiente.

O ministro afirmou que os benefícios da pesquisa só poderão ser colhidos quando for totalmente comercializada, acrescentando que o ministério vai colaborar com o sector privado organizado nesse sentido. Onu disse ainda que o Ministério se esforçará para usar os resultados da pesquisa, como um catalisador para a realização dos planos do governo, de tirar 100 milhões de nigerianos da pobreza.

Revelou que os produtos de pesquisa das 17 agências do ministério cobrem todos os sectores da economia e que o ministério está bem posicionado para dar a volta por cima. Segundo ele, a comercialização dos produtos resultantes da pesquisa é importante para o crescimento económico, porque mais mercadorias serão localmente produzidas.

Acrescentou que parte dos benefícios esperados da pesquisa incluem a suficiência alimentar e o excedente para as exportações, levando a uma redução significativa das importações a outros países.

Onu disse que a comercialização dos produtos da pesquisa criaria mais oportunidades para os nigerianos, além de reduzir o déficit de empregos no país. Embora expressando confiança nos membros do comité,  exortou-os a cumprir a tarefa com dignidade, para orgulho da Nigéria.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.