Radio Calema
InicioVidaSaúdeCovid-19: Vacina do laboratório chinês Sinovac pode estar pronta no início de...

Covid-19: Vacina do laboratório chinês Sinovac pode estar pronta no início de 2021

O presidente do laboratório chinês Sinovac, Yin Weidong, assegurou que a sua vacina contra a covid-19 estará pronta para ser administrada em massa no princípio de 2021.

Segundo o jornal espanhol El Mundo, o executivo diz ainda que a farmacêutica tem capacidade para fabricar 300 milhões de doses anuais da “CoronaVac”.

Esta vacina, que já está na terceira e última fase dos testes clínicos, não tem provocado “reacções adversas” aos participantes e, segundo Yin Weidong, será capaz de “combater todas as estirpes da SARS-CoV-2”.

A “CoronaVac” está a ser testada no Brasil, na Turquia, no Bangladesh e na Indonésia, e a farmacêutica Sinovac admite mesmo a possibilidade de poder também ser produzida noutros países.

HÁ QUATRO VACINAS CHINESAS NA ÚLTIMA FASE DE TESTES
Incluindo a “CoronaVac”, há quatro vacinas chinesas contra a covid-19 na terceira fase de testes clínicos, a última antes da sua produção em massa. São estas das farmacêuticas Sinopharm, do Wuhan Institute of Biological Products e da CanSinoBIO.

AS VACINAS MAIS PROMISSORAS NO COMBATE À COVID-19
Laboratórios por todo o mundo estão numa corrida contra o tempo para desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus. Há dezenas de equipas a testar várias candidatas a vacina, algumas estão mais avançadas e são promissoras.

Há 180 vacinas em teste, mas nenhuma deve estar pronta este ano

Segundo o London School of Hygiene & Tropical Medicine, (que tem um gráfico que mostra o progresso das experiências) há 243 projectos e 43 estão na fase de ensaios clínicos, sendo que 8 estão na fase III – que consiste na inoculação da vacina em milhares de voluntários a fim de determinar se impede de facto a infecção.

Apesar do agora suspenso ensaio clínico, o projecto entre a Universidade de Oxford e a AstraZeneca é um dos mais promissores, a que se juntam os da Pfizer e da BioNTech, da Moderna e de vários projectos chineses, nomeadamente da CanSinoBIO que já obteve autorização para administrar a vacina em militares chineses.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.