- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Bancos africanos são vítimas do 'rating' dos países em que operam, diz...

Bancos africanos são vítimas do ‘rating’ dos países em que operam, diz Moddy’s

Em causa os efeitos e dificuldades resultantes da pandemia de covid-19.

A agência de notação financeira Moody’s alertou que a análise sobre a qualidade de crédito dos bancos africanos está a piorar devido às ligações aos países em que operam, em dificuldades devido à pandemia de covid-19.”As fortes ligações aos países está a pesar na qualidade do crédito dos bancos, com uma consequente deterioração das condições de operação, o que afeta as métricas financeiras destas instituições”, lê-se numa análise aos bancos que operam em África.

Na análise, enviada aos investidores e a que a Lusa teve acesso, os analistas da Moody’s dizem que 90% da descida nos ‘ratings’ dos bancos foi originada por uma degradação da notação financeira do país em que operam.

“Quase 90% das ações de ‘rating’ nos bancos africanos nos últimos seis meses foram tomadas no seguimento de uma ação de ‘rating’ sobre o país soberano”, nomeadamente em Angola, África do Sul e Namíbia, entre outros, apontam os analistas, que notam que só três dos 50 bancos do continente têm um ‘rating’ melhor que o do país em que operam.

“Os perfis de crédito soberano enfraquecidos limita a capacidade de apoiar os bancos nacionais e aumenta o risco de as autoridades importarem controlos de capital e congelamento de depósitos”, acrescentam os analistas.

As pressões que as economias africanas enfrentam e os perfis de crédito dos países têm um impacto significativo nos bancos africanos, parcialmente devido à grande exposição a ativos públicos, concluem os analistas.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 984.068 mortos e cerca de 32,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em África, há 35.007 mortos confirmados em mais de 1,4 milhões de infetados em 55 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia no continente.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

- Publicidade -
- Publicidade -

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...
- Publicidade -

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Notícias relacionadas

China alerta firmas suecas sobre acção idêntica após proibição da Huawei

Segundo o Vanguard,  a China aconselhou a Suécia a levantar a proibição das suas empresas chinesas de tecnologia da rede 5G, alertando-a sobre  os...

Unitel distinguida pelo combate à fraude

A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e...

Sudão prestes a sair da lista negra americana

Depois de meses de negociações entre as autoridades transitórias sudanesas e a administração americana, Cartum está prestes a sair da lista dos países que...

Tiros contra manifestantes geram onda de indignação na Nigéria

As hashtags #EndSARS e #LekkiMassacre proliferam-se pelas contas no Twitter após tiros atingirem manifestantes num protesto contra a polícia em Lagos. Amnistia Internacional trabalha...

Último debate entre Trump e Biden com microfones silenciados

Faltam duas semanas para as eleições e as campanhas dos candidatos à Casa Branca já estão em contrarrelógio. Na quinta-feira, Donald Trump e Joe...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.