- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Oceania Morreram 90 das 270 baleias encalhadas na Tasmânia

Morreram 90 das 270 baleias encalhadas na Tasmânia

Morreram pelo menos 90 das 270 baleias que ficaram encalhadas numa área remota da Tasmânia, no sul da Austrália, e os especialistas receiam que as restantes também possam estar a morrer.

As baleias-piloto foram descobertas na segunda-feira em bancos de areia e as autoridades, em conjunto com biólogos, lançaram uma operação para as salvar que deverá durar vários dias.

Ainda não é conhecida a razão pela qual os animais foram atraídos para junto da costa, mas alguns especialistas acreditam que, sendo animais sociais, se um deles comete um erro e entra em águas rasas é seguido pelos restantes.

Esta não é a primeira vez que são encontradas baleias encalhadas nas praias da Austrália, é até uma ocorrência comum, mas há mais de uma década que não se registava um fenómeno com esta dimensão. O último registo desde género remonta a 2009, quando cerca de 200 baleias ficaram encalhadas também na Tasmânia.

COMO ESTÁ A SER FEITO O RESGATE?
Uma equipa de cerca de 40 especialistas está a tentar submergir novamente os animais, utilizando equipamento para os empurrar do banco de areia para zonas mais profundas. Se as baleias se adaptarem bem, o próximo passo será transportá-las para mais longe.

Segundo o biólogo Kris Carlyon, citado pela BBC, as baleias-piloto podem sobreviver até quatro dias encalhadas.

- Publicidade -
- Publicidade -

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...
- Publicidade -

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Notícias relacionadas

Ana Gomes sobe à custa de Marcelo e Ventura

A candidata da área socialista é cada vez mais a pretendente a Belém com maior margem para impedir uma reeleição retumbante de Marcelo. Ana...

Burlas “matam” sonho da casa própria de milhares de famílias

Das dezenas de projectos imobiliários lançados no auge da construção em Luanda, muitos foram parar à barra do tribunal por burlas aos clientes, que...

O tempo e o bom senso (IV)

1 - Há muito que acompanho a trajectória de Jorge Valdano, um argentino com invejável percurso no mundo do futebol (jogador, treinador, dirigente e...

Joana Lina, GPL: “Manifestação foi acto de vandalismo”

Durante a marcha realizada por membros da sociedade civil e apoiada pela UNITA, foram queimadas motas e destruídos contentores de lixo, além do impedimento...

Polícia frustra manifestação não autorizada em Luanda

A Policia Nacional frustrou ontem a realização de uma manifestação não autorizada pelas autoridades, por força das medidas restritivas de prevenção e combate à...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.