- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo África Guiné Equatorial exige reformas na ONU e critica primazia do poder

Guiné Equatorial exige reformas na ONU e critica primazia do poder

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, pediu hoje a renovação e modernização do sistema da Organização das Nações Unidas (ONU), tecendo duras críticas à primazia e abuso dos países ricos e poderosos.

Numa mensagem de vídeo gravada anteriormente e transmitida hoje no Salão da Assembleia Geral da ONU, por ocasião da comemoração dos 75 anos da organização, o Presidente da Guiné Equatorial convidou todos os países a “pôr fim a comportamentos malignos” e a acolher “um ponto de viragem entre um mundo inseguro, cheio de conflitos, e o despertar de uma nova geração de paz, segurança e prosperidade”.

Segundo Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, “existe uma clara e urgente necessidade de reformas”, notando a “falta de vontade política real por parte dos Estados-membros”.

“Não podemos aceitar que, depois de tantos anos, a Carta das Nações Unidas continue a preservar a primazia dos grandes poderes, que pisam as aspirações legítimas dos fracos, para poderem aproveitar as vantagens democráticas do sistema das Nações Unidas”, acusou.

De acordo com o chefe de Estado da Guiné Equatorial, no poder há 41 anos, “a falta de respeito pela atual ordem legal internacional é a causa para muitos conflitos, guerras, situações injustas, abusos de poder e uso arbitrário de força nas relações internacionais”.

Criticando as “ambições hegemónicas pelo poder”, Teodoro Obiang sustentou que “não existe justificação para o enorme fosso entre países ricos e pobres”, considerando ser “inconcebível que, depois de 75 anos, ciência e tecnologia para o desenvolvimento continuem a ser preservações de apenas alguns estados”.

Desta forma, o Presidente de 78 anos exigiu, para a modernização das Nações Unidas, uma organização “melhor preparada e equipada para as dificuldades do futuro, como crescentes desigualdades, pobreza, fome, conflitos armados, terrorismo, insegurança, alterações climáticas e pandemias“.

Assumindo o compromisso da Guiné Equatorial com a ONU, com o multilateralismo e com os princípios orientadores da Carta da ONU, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo elogiou o sistema legal internacional criado no quadro da organização.

O Presidente considerou ainda que a descolonização foi “um dos resultados positivos” na história da organização, como também a resolução pacífica de conflitos e a distribuição de assistência humanitária.

Teodoro Obiang Nguema Mbasogo prestou um “sincero tributo a todos os secretários-gerais que lideraram as Nações Unidas, todos os presidentes da Assembleia Geral e todas as delegações”, que todos os anos “inculcaram novas formas de ver o mundo”.

A Assembleia Geral da ONU inaugura na terça-feira o debate geral de uma forma sem precedentes nos 75 anos da organização, em que a totalidade dos discursos de chefes de Estado e de Governo será feita por vídeos previamente gravados.

A semana de alto nível na Assembleia Geral da ONU começou hoje em Nova Iorque, com a presença limitada de pessoas na sede.

- Publicidade -
- Publicidade -

A visão de Joe Biden. Ideias “arrojadas” para reconstruir os EUA

É assim que o candidato presidencial democrata Joe Biden apresenta à América e ao resto do mundo as suas “ideias arrojadas” para pôr fim...
- Publicidade -

Covid-19: Estudo indica como vírus se espalha em uma sala de aula

A pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles. Em...

Por que a mudança para o gás de cozinha ainda é tão lenta em África?

O uso de combustíveis como carvão vegetal ou mesmo querosene para cozinhar é um contribuinte significativo para as mortes relacionadas à poluição. A solução é...

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...

Notícias relacionadas

A visão de Joe Biden. Ideias “arrojadas” para reconstruir os EUA

É assim que o candidato presidencial democrata Joe Biden apresenta à América e ao resto do mundo as suas “ideias arrojadas” para pôr fim...

Covid-19: Estudo indica como vírus se espalha em uma sala de aula

A pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles. Em...

Por que a mudança para o gás de cozinha ainda é tão lenta em África?

O uso de combustíveis como carvão vegetal ou mesmo querosene para cozinhar é um contribuinte significativo para as mortes relacionadas à poluição. A solução é...

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...

Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.