- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Desporto Futebol Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a...

Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a 0

Atleta adversário tivera contacto com infectado menos de duas semanas antes. Para evitar multa por não comparecimento, equipe de liga regional enviou apenas sete jogadores a campo e manteve distanciamento.

O time de futebol SG Ripdorf/Molzen II, de uma liga regional alemã, perdeu propositalmente de 37 a 0 por medo do coronavírus. A equipe amadora, baseada na cidade de Uelzen, no estado de Baixa Saxônia, no leste alemão, manteve distância do adversário durante toda a partida contra o SV Holenstedt II.

A agremiação visitante havia tido contacto com um oponente infectado com covid-19 em jogo anterior. E embora os jogadores tivessem sido testados negativamente para a doença, não havia transcorrido ainda um período de 14 dias desde então. O time de Uelzen preferiu, por isso, a cautela, disponibilizando apenas sete jogadores para o encontro, número mínimo para uma partida, segundo as regras.

A solicitação para adiamento do duelo foi rejeitada pelo adversário, segundo os responsáveis pelo SG. Por isso, o time decidiu simplesmente correr em campo no último domingo, para evitar uma multa por não comparecimento.

“Somos gratos aos sete jogadores que se voluntariaram, senão o clube teria que pagar multa de 200 euros (R$ 1.240) por abandono de jogo”, afirmou o vice-presidente do Ripdorf, Patrick Ristow, em entrevista à ESPN. ”Isso é muito dinheiro para nós, especialmente em meio à pandemia.”

Já Holdenstedt não teve misericórdia e marcou um golo quase a cada dois minutos, enquanto o adversário assistia de uma distância segura. “Quando o jogo começou, um de nossos jogadores passou a bola para o adversário, e nosso time foi para as laterais”, disse Ristow. “Os jogadores do Holdenstedt não entenderam. Mas não queríamos nos arriscar. Durante o resto do jogo, os nossos jogadores regressaram, mas apenas permaneceram no campo.”

O resultado da partida criou um rebuliço nas redes sociais, mas Ristow disse que o Ripdorf se concentrou apenas no que era melhor para o bem-estar de todos os atletas em campo.

Nesta semana, os governos de estados alemães concordaram em permitir um máximo de 20% de público durante jogos da Bundesliga e de outros eventos desportivos. Desde Março, a primeira liga do futebol alemão vinha realizando apenas partidas de arquibancadas vazias. A medida será implementada em carácter experimental, sob estritas normas de higiene e distanciamento. Após seis semanas, haverá uma avaliação para se decidir sobre a continuidade ou não da nova regra.

Entretanto, a partida desta sexta-feira, entre Bayern e Schalke, que abre a nova temporada da Bundesliga, não terá torcedores. A prefeitura de Munique, sede do jogo, barrou a participação de público depois que a cidade registou 47,6 novos casos por 100 mil habitantes no período de sete dias.

- Publicidade -
FonteDW
- Publicidade -

Níger: Rapto de um cidadão norte-americano em zona de frequentes ataques do Boko Haram

Na madrugada desta terça-feira, 27 de outubro, foi raptado um cidadão norte-americano em Massalata, no sul do Níger, a cerca de 400 kms a...
- Publicidade -

Guiné-Bissau: “Young Nuno” quer resgatar com murais memórias dos combatentes da liberdade

O artista plástico guineense Nuno Ala Tambá, de 29 anos de idade, cujo nome artístico é "Young Nuno", lidera um grupo de jovens, que...

Angola e Portugal eliminam dupla tributação

A convenção entre Angola e Portugal, que elimina a dupla tributação em matéria de impostos sobre o rendimento e previne a fraude e a...

Um remédio chamado 5G

O estado do sistema de saúde angolano é crítico e precisa de um tratamento de choque. Mais médicos, mais hospitais, mais políticas públicas. E...

Notícias relacionadas

Níger: Rapto de um cidadão norte-americano em zona de frequentes ataques do Boko Haram

Na madrugada desta terça-feira, 27 de outubro, foi raptado um cidadão norte-americano em Massalata, no sul do Níger, a cerca de 400 kms a...

Guiné-Bissau: “Young Nuno” quer resgatar com murais memórias dos combatentes da liberdade

O artista plástico guineense Nuno Ala Tambá, de 29 anos de idade, cujo nome artístico é "Young Nuno", lidera um grupo de jovens, que...

Angola e Portugal eliminam dupla tributação

A convenção entre Angola e Portugal, que elimina a dupla tributação em matéria de impostos sobre o rendimento e previne a fraude e a...

Um remédio chamado 5G

O estado do sistema de saúde angolano é crítico e precisa de um tratamento de choque. Mais médicos, mais hospitais, mais políticas públicas. E...

Covid-19: Angola com 263 novas infecções e 22 recuperados

O país registou, nas últimas 24 horas, mais 263 novas infecções, duas mortes e 22 pacientes recuperados. Segundo o secretário de Estado para a Saúde...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.