- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Europa Kremlin: Na questão do 'envenenamento' de Navalny há muita coisa absurda

Kremlin: Na questão do ‘envenenamento’ de Navalny há muita coisa absurda

Kremlin suspeita das acusações de envenenamento do oposicionista Aleksei Navalny e não pretende acreditar na palavra de ninguém sobre o caso.

Em declaração a jornalistas, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou:

“Em toda essa história tem muita coisa absurda, para acreditar na palavra de alguém. Por isso, não pretendemos acreditar só nas palavras de alguém.”

Segundo Peskov, “nesta situação está tendo muito mais perguntas do que respostas”, acrescentou.

Ainda ontem (17), o doutor em Ciências Químicas Leonid Rink, um dos criadores da substância Novichok, a qual teria alegadamente sido usada no “envenenamento” de Navalny, afirmou que, caso o composto químico tivesse sido aplicado contra ele, o ativista não teria sobrevivido.

Enquanto isso, a Rússia tem se esforçado por obter os resultados de uma perícia feita pela Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) a qual tenta determinar a causa do incidente com Navalny.

“Na verdade, a Rússia continua a realizar tais tentativas [de obter os resultados]. E a situação, de fato, é a seguinte: no secretariado técnico da OPAQ nos dizem: ‘Não sabemos de nada, entrem em contato com os alemães’. Já os alemães nos dizem que também não sabem de nada, para entrarmos em contato com a OPAQ”, declarou.

Peskov afirmou que a versão de envenenamento foi considerada pelos médicos inicialmente. Contudo, a falta de provas científicas não permitiu confirmá-la.

“Porque o fato de envenenamento implica a presença de substâncias tóxicas no sangue. No sangue do paciente não foram encontradas substâncias venenosas, nem em Omsk, nem nos laboratórios em Moscou”, acrescentou ele.
‘Envenenamento’ de Navalny

Em 20 de agosto passado, o oposicionista e ativista russo Aleksei Navalny foi hospitalizado após se sentir mal em um voo da cidade de Tomsk para Moscovo, ambas na Rússia.

Dois dias depois, Navalny foi transportado para tratamento em um hospital em Berlim, Alemanha, a pedido da família, onde posteriormente os médicos afirmaram que ele teria sido vítima de envenenamento pelo composto Novichok.

Ao longo da última semana, Navalny apresentou melhora de seu estado clínico após ter saído do coma induzido.

A melhora do oposicionista despertou dúvidas entre os cientistas sobre o suposto envenenamento, tendo em vista a alta letalidade do composto Novichok.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...
- Publicidade -

Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para...

Covid-19: Portugal regista mais 2.535 infectados e 16 mortes

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 2.535 infetados pelo novo coronavírus, e 16 mortes associadas à Covid-19, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral...

Moçambique no Conselho de Segurança da ONU? Portugal deverá apoiar

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, diz que Portugal está aberto a apoiar uma candidatura de Moçambique a membro não-permanente do...

Notícias relacionadas

FC Porto e Marselha derrotados no arranque da Liga dos Campeões

A primeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões edição 2020/2021 ficou encerrada na quarta-feira 21 de Outubro, sendo que o FC...

Papa Francisco defende uniões de facto de casais homossexuais

O Papa Francisco defendeu hoje pela primeira vez que os casais homossexuais devem ser protegidos pelas leis da união civil, durante uma entrevista para...

Covid-19: Portugal regista mais 2.535 infectados e 16 mortes

Portugal somou, nas últimas 24 horas, mais 2.535 infetados pelo novo coronavírus, e 16 mortes associadas à Covid-19, revela o boletim epidemiológico da Direção-Geral...

Moçambique no Conselho de Segurança da ONU? Portugal deverá apoiar

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, diz que Portugal está aberto a apoiar uma candidatura de Moçambique a membro não-permanente do...

Nove pessoas da mesma família morrem após comerem macarrão instantâneo

Nove pessoas da mesma família morreram, na China, vítimas de intoxicação alimentar, depois de ingerirem macarrão instantâneo congelado. A polícia local revelou que a massa,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.