- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia 10 mil kwanzas/mês: Movicel altera tarifários de recargas

10 mil kwanzas/mês: Movicel altera tarifários de recargas

Os clientes da operadora telefónica Mocivel estão insatisfeitos com as mudanças nos planos Takuiá e Kargas, que passa a partir desta semana a ter novos tarifários, actualmente quem pretender carregar um plano por 30 dias, vai pagar 10 mil kwanzas, contra os 2.200 e 7.400 kz anteriores.

A Movicel informou que efectuou as mudanças nos Planos Takuiá e Kargas de forma a ter melhorias na rede.

A situação apanhou de surpresa os clientes desta operadora que se mostraram indignados e pedem que a operadora recue na decisão tomada.

Francisco, Mantorras e Bebo sãos três jovens que o Novo Jornal encontrou a falarem do assunto no Largo da Independência (1º de Maio) e quando questionados sobre o mesmo, mostraram de forma clara a sua indignação.

“Isso é brincarem com o povo. Os planos da Movicel já nos ajudavam muito para falarmos com as nossas famílias na província e não só. Agora vamos falar como?” questionam os jovens vendedores ambulantes, que se mostram tristes com a situação.

Domingos Alexandre, 33 anos, militar da Força Área Nacional, que o Novo Jornal encontrou num estabelecimento comercial, na Vila Alice, contou que nunca esperou que a Movicel alterasse dessa forma os planos de recarga.

“A rede já não é muito boa, carece de melhorias. Não percebo como temos que pagar a quadruplicar os planos mensais. Isso é um autêntico abuso”, disse a lamentar que “o melhor é trocar de operadora”.

Divaldo Gomes, de 42 anos, contou ao Novo Jornal que desde que chegou de Lisboa há sete anos, nunca usou outra rede que não seja a Movicel, mas que agora está muito desapontado com a operadora em função das alterações dos tarifários, que segundo contou, está muito caro.

“Consultei a tabela que circulava na internet, sobre o novo tarifário porque não acreditava. Liguei para o apoio ao cliente e fiquei surpreso pela negativa, quando me confirmaram. E confesso que os custos que estão fixos em nada têm a ver com as mensagens que a Movicel enviou aos clientes. A alteração que fez só considerou o lucro e não os clientes. Isso é uma vergonha”, lamentou e sustentou: “A Movicel estragou o que estava bem”.

Segundo a operadora, a partir desta semana, o plano Takuiá, o mais baixo com validade de três dias, que oferecia 30 minutos de saldo de voz para Movicel e 10 para outras redes, passou agora a custar 500 kz, com redução de 20 minutos para a mesma rede e 5 para outras redes.

Os planos Kargas, Leve, Nice, Tudo e Bwé sofreram grandes alterações, ou seja, o plano Karga Leve que custava 850 Kz, passou a custar 1.500 kz, por 7 dias.

O plano Karga Nice que tinha o valor de 2.200 Kz, por 30 dias, baixou para 2.000, com a desvantagem de menos minutos para a mesma rede e outras e também menos duração de tempo, 10 dias é o período limitado para o uso do saldo.

Na mesma senda, está o plano Karga Tudo que tinha o valor de 3.900 Kz e com validade de 30 dias, com benefícios de 750 minutos para Movicel, 80 para outras redes e 1GB para navegar.

Esse plano baixou para 3.500 kz, mas com a desvantagem de ser apenas para 15 dias, com 100 minutos para a mesma rede e 15 para outras.

O plano Karga Bwé, agora é o único para 30 dias, e disparou de 7.400 para 10.500 kz, com apenas 350 minutos para a mesma rede, quando antes era 1.600 minutos, 50 para outras redes, contra os 160 minutos anteriores, e menos 1GB para navegar.

Em comunicado tornado público, na sua página na internet, a Movicel esclarece que em relação ao mercado angolano estes são os planos mais vantajosos e económicos.

“Têm redes sociais grátis ilimitadas, Messenger sem gastos de dados. No nosso mercado não se encontra esta facilidade”, refere a operadora em nota de esclarecimento.

- Publicidade -
FonteNJ
- Publicidade -

António Guterres apela ao diálogo na Guiné-Conacri

O secretário-geral da ONU quer uma “solução pacífica” e “diálogo” para responder à crise pós-eleitoral na Guiné-Conacri. António Guterres pediu ao presidente reeleito Alpha...
- Publicidade -

FAF recebe ultimato da FIFA

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), para responder até sexta-feira (30) às acusações de irregularidades...

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Notícias relacionadas

António Guterres apela ao diálogo na Guiné-Conacri

O secretário-geral da ONU quer uma “solução pacífica” e “diálogo” para responder à crise pós-eleitoral na Guiné-Conacri. António Guterres pediu ao presidente reeleito Alpha...

FAF recebe ultimato da FIFA

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), para responder até sexta-feira (30) às acusações de irregularidades...

Norberto de Castro está autorizado a concorrer à liderança da FAF

A Federação Angolana de Futebol (FAF) foi notificada pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para responder, até sexta-feira, às acusações de irregularidades no...

CONTEXTOS: Tempo de Oposições

Desemprego, desordem e desinformação - destes 3 Ds se fará o "Verão Quente" prestes a começar no continente africano. De um lado, uma população...

Covid-19: Angola com 203 novos casos e 46 recuperados

Duzentos e três novas infecções, quatro óbitos e quarenta e seis recuperados foram registados, nas últimas 24 horas, em Angola. Segundo o secretário de Estado...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.