- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo Lusófono S. Tomé e Príncipe São Tomé e Príncipe: Mais 15 dias de estado de calamidade pública

São Tomé e Príncipe: Mais 15 dias de estado de calamidade pública

O Governo são-tomense prorrogou por mais 15 dias, até 30 deste mês, o estado de calamidade pública que vigora no país desde 16 de Junho devido ao “alto risco da propagação da pandemia da Covid-19 que ainda prevalece”.

A decisão é justificada pelo porta-voz do Executivo, Adelino Lucas, com o aumento de casos da Covid-19 nos países emissores do turismo e com a abertura no ano lectivo no país.

O Governo lembra que o espaço aéreo do país “está totalmente aberto desde o dia 15 de Julho”, e vê com preocupação ” o aumento de casos positivos de covid-19 nos principais mercados emissores de turismo e de residência das maiores comunidades são-tomenses no estrangeiro”,

Outra justificação apresentada pelo Secretário de Estado da Comunicação Social e porta voz do governo para prorrogar o estado de calamidade publica, é o início do ano lectivo “que tem implicado a movimentação diária de milhares de crianças e jovens”

Covid aumenta a pobreza

Enquanto isso o Banco Central de São Tomé e Príncipe, num estudo divulgado recentemente faz saber que “a pandemia da Covid-19 agravou em 7 por cento o índice da pobreza no país”.

De acordo com o economista do Banco Central, Gerse Espírito Santo, “o sector empresarial registou uma redução do volume de negócios na ordem dos 80 por cento e o desemprego aumentou consideravelmente”.

O Banco Central do arquipélago disse que no segundo trimestre deste ano, o período em que se registou mais casos da Covid-19 no país “o produto interno bruto contraiu 23 por cento”.

“Só um processo de cura da doença poderá inverter esta tendência negativa”, disse o economista do Banco Central.

Nas últimas 48 horas, segundo as autoridades sanitárias, São Tomé e Príncipe não registou qualquer caso positivo do novo coronavírus, mantendo-se as infecções acumuladas em 906 e 15 óbitos desde do início da pandemia.

- Publicidade -
FonteVoA
- Publicidade -

“Braço direito” de João Lourenço teria enriquecido com contratos públicos, diz emissora

Reportagem da portuguesa tvi24 afirma que Governo angolano tem contratado empresa do chefe de Gabinete Edeltrudes Costa para prestar serviços. Costa teria construído fortuna...
- Publicidade -

PR reconhece impacto negativo da Covid-19

Ao intervir no debate geral da 75ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, o Chefe de Estado angolano afirmou que a pandemia afectou...

Sonangol com resultados líquidos de USD 125 milhões em 2019

 A Sonangol anunciou, esta terça-feira, resultados líquidos de 125 milhões de Dólares, equivalentes a 45 mil 854 milhões de Kwanzas, no seu exercício de...

Angola garante que vai pagar dívida comercial mesmo com juros elevados

O secretário de Estado das Finanças de Angola garantiu hoje que o país vai honrar os compromissos financeiros com os credores comerciais apesar da...

Notícias relacionadas

“Braço direito” de João Lourenço teria enriquecido com contratos públicos, diz emissora

Reportagem da portuguesa tvi24 afirma que Governo angolano tem contratado empresa do chefe de Gabinete Edeltrudes Costa para prestar serviços. Costa teria construído fortuna...

PR reconhece impacto negativo da Covid-19

Ao intervir no debate geral da 75ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, o Chefe de Estado angolano afirmou que a pandemia afectou...

Sonangol com resultados líquidos de USD 125 milhões em 2019

 A Sonangol anunciou, esta terça-feira, resultados líquidos de 125 milhões de Dólares, equivalentes a 45 mil 854 milhões de Kwanzas, no seu exercício de...

Angola garante que vai pagar dívida comercial mesmo com juros elevados

O secretário de Estado das Finanças de Angola garantiu hoje que o país vai honrar os compromissos financeiros com os credores comerciais apesar da...

Tadej Pogacar entrou na história da Volta a França em bicicleta

A Volta a França em bicicleta acabou no passado domingo 20 de Setembro com o triunfo de uma Nação, a Eslovénia, que conseguiu pôr...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.