- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Mundo EUA Trump diz que 'não teria problema nenhum' em vender armas a países...

Trump diz que ‘não teria problema nenhum’ em vender armas a países do golfo Pérsico

EUA têm até hoje uma política de não vender armas aos países do golfo Pérsico, que poderiam minar a vantagem militar de Israel, aliado de longa data dos norte-americanos na região.

O presidente dos EUA, Donald Trump, declarou que não vê nenhum problema em vender armas fabricadas nos EUA para os países do golfo Pérsico, em vez de vendê-las exclusivamente para Israel na região.

“Eles são países muito ricos em sua maior parte. Eu pessoalmente não teria nenhum problema com isso [vender as armas]. Algumas pessoas têm, dizem […] que talvez vão para a guerra”, afirmou Trump em entrevista ao canal Fox News.

A declaração do presidente norte-americano ocorre após Israel fechar dois acordos de paz com países do golfo Pérsico, os Emirados Árabes Unidos (EAU) e Bahrein, em questão de semanas, supostamente abrindo caminho para o desejo há muito acalentado de Abu Dhabi de comprar dos norte-americanos caças F-35, jactos EA-18G Growler e drones Reaper. O acordo entre Israel e os países do golfo Pérsico deve ser assinado nesta terça-feira (15).

Após o anúncio do acordo entre os EAU e Israel, surgiram informações conflitantes sugerindo que o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu se opôs à venda de armas norte-americanas para Abu Dhabi e silenciosamente a aprovou. O próprio Netanyahu negou os relatos sobre a venda de armas como parte do acordo de Israel com Abu Dhabi.

Trump ‘poupou’ Assad
Trump esclareceu que está especificamente pronto para vender a última geração do jacto F-35, observando que tal oportunidade significaria “empregos fantásticos em casa”. Falando sobre o mundo árabe, o presidente norte-americano acrescentou em nota lateral que “teve a chance” de “tirar” o presidente sírio Bashar Assad, mas optou por não o fazer devido à oposição do então secretário de Defesa dos EUA, James Mattis.

“Não, não me arrependo. Eu poderia ter convivido com isso de qualquer maneira. Certamente não o considerava uma boa pessoa”, confessou Trump.

- Publicidade -
FonteSputnik
- Publicidade -

Investigação do Consórcio de Jornalistas: Grandes bancos facilitam branqueamento de capitais

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...
- Publicidade -

“Num país massacrado pela Guerra Civil, o coronavírus é só mais um assassino”

Os últimos cinco anos têm sido devastadores para o Iémen. A Guerra Civil deixou o país ainda mais pobre e mal equipado para lidar...

Covid-19: Guiné-Bissau quer aumentar testagem da população

A Alta Comissária para a Covid-19 no país, Magda Robalo, afirma ter um "optimismo cauteloso" sobre a evolução da doença, mas pretende aumentar o...

Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a 0

Atleta adversário tivera contacto com infectado menos de duas semanas antes. Para evitar multa por não comparecimento, equipe de liga regional enviou apenas sete...

Notícias relacionadas

Investigação do Consórcio de Jornalistas: Grandes bancos facilitam branqueamento de capitais

Uma análise a documentos confidenciais produzidos por vários bancos nos Estados Unidos e enviados à agência federal FinCEN mostram como grandes bancos facilitaram o...

“Num país massacrado pela Guerra Civil, o coronavírus é só mais um assassino”

Os últimos cinco anos têm sido devastadores para o Iémen. A Guerra Civil deixou o país ainda mais pobre e mal equipado para lidar...

Covid-19: Guiné-Bissau quer aumentar testagem da população

A Alta Comissária para a Covid-19 no país, Magda Robalo, afirma ter um "optimismo cauteloso" sobre a evolução da doença, mas pretende aumentar o...

Por medo da covid-19, time de futebol alemão perde por 37 a 0

Atleta adversário tivera contacto com infectado menos de duas semanas antes. Para evitar multa por não comparecimento, equipe de liga regional enviou apenas sete...

O fotógrafo mais vigiado da Alemanha Oriental

Ao documentar extensivamente a vida na RDA, Harald Hauswald teve todos os seus passos monitorados pela Stasi, a polícia secreta da ditadura comunista. Seu...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.