Radio Calema
InícioMundo LusófonoPortugalHá dois meses que não havia tantos internados, região de Lisboa com...

Há dois meses que não havia tantos internados, região de Lisboa com 55% dos novos casos

Segunda-feira é dia de números habitualmente mais baixos na nova infecções, efeito de menos testes durante o fim de semana. Desta vez não foi diferente. Nas subidas, a que chama mais a atenção é a dos internamentos, que não eram tantos desde 15 de Julho.

O boletim diário da Direcção-Geral da Saúde regista mais quatro vítimas mortais, 613 casos de covid-19 e 116 curados em Portugal (dados relativos a domingo). No total, há agora 1.871 vítimas mortais, 64.596 casos confirmados e 44.185 recuperados.

O número de novos infectados é inferior ao de ontem (673), ainda que seja importante lembrar que segunda-feira é um dia de números habitualmente mais baixos, efeito de menos testes durante o fim de semana. Sendo assim, será possivelmente mais relevante que só exista uma segunda-feira com maior número de casos em toda a pandemia: o dia 20 de Abril (657). A taxa de crescimento foi assim de 0,96%.

Destas novas infecções, 55% foram registadas em Lisboa e Vale do Tejo, que continua a ser a mais afectada pela pandemia — há 33.070 casos confirmados da doença, fruto da actualização desta segunda-feira, que identificou mais 338. Na região Norte, a actualização somou mais 178 casos, seguido do Centro (mais 51), do Alentejo (27), do Algarve (mais 10), da Madeira (mais 8) e dos Açores, com mais um caso positivo.

Apesar de menos novos casos em relação a domingo, as recuperações não chegam para compensar. Esta segunda-feira registaram-se 116 recuperados (44.185 no total), fazendo subir ainda assim em mais quase 500 pessoas (493, em rigor) o número de casos activos. Há agora em 18.540 pessoas com o vírus da covid-19, o SARS-CoV-2, activo no organismo.

Também do lado das descidas globais, há a assinalar a do óbitos, que nas últimas 24 horas foram quatro (ontem tinham sido sete, anteontem 5), três na região Norte, um em Lisboa e Vale do Tejo: três mulheres, um homem. A região Norte regista 857 das 1.871 vítimas mortais causadas pela covid-19 em Portugal, mais de 45%.

Quanto a subidas, a que exige mais cuidados é a dos internamentos, que subiram pelo terceiro dia consecutivo. Durante o mês de Agosto, só por um dia houve mais de 400 internados e esta segunda-feira foi atingido um novo máximo em 61 dias, desde 15 de Julho (478): 477 pessoas em internamento hospitalar. De ontem para hoje, 25 doentes foram colocados nessa condição.

Juntam-se-lhes os doentes em unidades de cuidados intensivos, que são 61 no total, fruto de mais quatro internados nas últimas 24 horas analisadas.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.