- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Angola Sociedade FACTUALIDADES: É urgente travar a sinistralidade rodoviária na Avenida 21 de Janeiro

FACTUALIDADES: É urgente travar a sinistralidade rodoviária na Avenida 21 de Janeiro

Rara é a semana em que a Avenida 21 de Janeiro não apresente marcas de sangue no asfalto. Naquele troço de quem vem do Rocha Padaria para o Aeroporto, a noite escura e traiçoeira tem levado à morte, pessoas que não se conformam com a travessia pelas passagens aéreas, de acesso aos bairros limítrofes.

A falta de sinalização e deficiente iluminação e o desrespeito popular às regras de segurança rodoviária, são  responsáveis pelo alto grau de sinistralidade que se regista naquele ponto crítico da avenida 21 de Janeiro.

Chamamos a atenção do Governo Provincial de Luanda e a administração local, a assumirem o papel que lhes cabe, neste âmbito para, em primeiro lugar definirem limites de velocidade na via onde a circulação rodoviária é feita a mais de 100 quilómetros à hora, com pessoas, a coberto da escuridão, a tentarem evitar a utilização incómoda das passagens aéreas, que não facilitam muito, os portadores de bens pessoais e outros.

Em segundo lugar estruturarem outros meios de travessia segura aos peões, que por hábito, violam as barreiras de separação da via rápida. Resumindo e concluindo, deve-se impor  redução de velocidade no trecho Rocha-Padaria, até às imediações da Força Aérea, em nome do interesse público.

Deste modo poupamos vidas inocentes de adultos e crianças, que se recusam ao sacrifício da travessia  por via aérea em pedonais instaladas em locais nada práticos. O bom senso aconselha isso.

- Publicidade -
- Publicidade -

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...
- Publicidade -

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Notícias relacionadas

[Análise] Como estão os líderes empresariais africanos a lidar com a crise do coronavírus?

Pessimismo no futuro imediato, mas confiança no futuro do continente a longo prazo: esta é a conclusão da segunda edição do barómetro sobre o...

China garante que OMS deu aval ao uso de vacinas que ainda estão em estudo

As autoridades chinesas dizem que a Organização Mundial da Saúde deu apoio e aceitou a administração de vacinas experimentais que estão a ser desenvolvidas...

Covid-19: Grupo de 34 reclusos infetados foge de prisão no Brasil

Um grupo de 34 presos, infetados com covid-19, fugiu esta terça-feira através de um túnel de uma prisão no Brasil, com graves problemas de...

Zimbabwe aceita devolver terras a fazendeiros brancos

O Governo zimbabweano está a elaborar um plano para possibilitar a devolução, a milhares de fazendeiros brancos, das terras que lhes foram violentamente retiradas...

Inacom e parceiros criam plataforma de diálogo

O Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), as operadoras e as associações dos consumidores, decidiram, a partir desta quinta-feira, em Luanda, a criação de uma...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.