- Publicidade-
Smooth Jazz Rádio Calema
Inicio Economia Governo quer reatamento das obras da nova circular

Governo quer reatamento das obras da nova circular

O governador do Cuanza Sul, Job Capapinha, defendeu hoje o reatamento da construção da nova circular do Sumbe, para retirar grande parte do tráfego que é feito actualmente no centro da cidade.

As obras desta circular, com uma extensão de 24 quilómetros, iniciaram em 2017 e foram interrompidas em Novembro último, por indisponibilidade de recursos financeiros.

Ao falar à imprensa, no final da visita às obras de infra-estruturas integradas do Sumbe, Job Capapinha disse pretender uma cidade que dure mais tempo devido os investimentos que estão as ser feitos, razão pela há a necessidade da retoma das obras da circular e desviar o trânsito de camiões para o exterior da cidade.

CUANZA-SUL: JOB CAPAPINHA, EM VISITA DE CAMPO.
(FOTO: LUÍS CATRAIO)

Caso as obras não retomem, o responsável teme que o centro do Sumbe esteja requalificado até Julho de 2022, mas com os camiões a circular na cidade, situação que pode “deitar por terra” os investimentos que estão a ser feitos para a requalificação.

Quanto à reabilitação da ponte na Ana Passion, que causou a interdição da estrada desde Julho último, disse nos próximos 60 dias estará operacional. A ponte está enquadrada na obra de estrada no percurso rio Queve/cidade do Sumbe, numa extensão 47 quilómetros.

Em relação às infra-estruturas integradas da cidade, o responsável da construtora chinesa CHEC, Miguel Marques, avançou que neste momento estão a intervir em quatro pontos da cidade, nos canais 1 a 4 (águas pluviais e residuais e telecomunicações), com término previsto para este ano.

A construção das infra-estruturas integrada na cidade do Sumbe está avaliada em 125 milhões 209 mil 146,41 dólares americanos, com uma execução física de 35% e envolve o sistema de drenagens das águas pluviais e residuais bem como a construção de uma Estação de captação e tratamento a partir do rio Cambongo.

Realojamento da população das zonas de risco

O representante da Exenergia, Angola Limitada (Fiscal da Obra) António César, assegurou que “ a construção de uma urbanização numa área de 256 hectares, com 1.816 habitações já concluídas.

Destas 1.260 são da tipologia 3 e 556 T2, restando apenas os acabamentos internos e externos bem como a redes de drenagens e canalização da água, electricidade e zonas de serviços.

As obras têm uma execução física de 41 por cento e financeira de 39 e estão avaliadas em 186 milhões 047 mil 862, 44 dólares americanos. A previsão é concluir as obras em Junho de 2022.

- Publicidade -
FonteAngop
- Publicidade -

Governador apela ao rigor e profissionalismo na saúde

O governador do Namibe, Archer Mangueira, apelou, na sexta-feira, aos quadros da saúde rigor, profissionalismo e um atendimento mais humanizado dos utentes das unidades...
- Publicidade -

Agostinho Neto é marca indelével da política angolana

Agostinho Neto marca indelevelmente a política angolana e é o ponto de partida da evolução desta, tendo proclamado a independência de Angola em 11...

Corrida à presidência do CPA com candidato único

As eleições no Comité Paralímpico Angolano (CPA) para o quadriénio 2020/24 terão apenas um candidato, Leonel da Rocha Pinto, fazendo jus à história desde...

Zaire: Baleia de seis metros encontrada morta no Nzeto

Uma baleia com seis metros de comprimento foi encontrada morta sexta-feira, na baía da comuna da Musserra, município do Nzeto, na província do Zaire. O...

Notícias relacionadas

Governador apela ao rigor e profissionalismo na saúde

O governador do Namibe, Archer Mangueira, apelou, na sexta-feira, aos quadros da saúde rigor, profissionalismo e um atendimento mais humanizado dos utentes das unidades...

Agostinho Neto é marca indelével da política angolana

Agostinho Neto marca indelevelmente a política angolana e é o ponto de partida da evolução desta, tendo proclamado a independência de Angola em 11...

Corrida à presidência do CPA com candidato único

As eleições no Comité Paralímpico Angolano (CPA) para o quadriénio 2020/24 terão apenas um candidato, Leonel da Rocha Pinto, fazendo jus à história desde...

Zaire: Baleia de seis metros encontrada morta no Nzeto

Uma baleia com seis metros de comprimento foi encontrada morta sexta-feira, na baía da comuna da Musserra, município do Nzeto, na província do Zaire. O...

MPLA denuncia campanhas contra Angola

O Bureau Político do MPLA denunciou, neste sábado, as campanhas de intoxicação movidas contra as instituições do Estado angolano e o Presidente da República,...
- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.